Ao longo de cinco meses, o Parlamento debateu a alteração às leis laborais. O governo andou aos ziguezagues entre a pressão dos patrões e as exigências da esquerda. Perante o resultado agora conhecido, as confederações patronais mostram-se zangadas.

Plataformas digitais, trabalho temporário, outsourcing, contratos a prazo, teletrabalho, convenções coletivas, trabalho doméstico, parentalidade, trabalhadores cuidadores. Conhece os novos instrumentos e os desafios que as alterações à lei colocam ao mundo do trabalho. E os bloqueios persistentes que o PS deixa intactos. Henrique Sousa faz um balanço, a jurista Teresa Coelho Moreira discute os avanços arrancados às plataformas digitais, o jurista Leal Amado escreve sobre contratação coletiva e arbitragem e o deputado José Soeiro traz dez notas sobre as discussões em que participou.

Ler Mais

O Porto parou para lutar pela escola pública

8 de Fevereiro 2023

99% de adesão à greve segundo a Fenprof e milhares de professores reunidos na Avenida dos Aliados marcaram o final da ronda de greves distritais. O encontro ficou marcado agora para a manifestação nacional do próximo sábado. No protesto, Catarina Martins diz que esta “é a luta de todos”.

Ksenia Ashrafullina: Portugal estende a passadeira à oligarquia que financia a guerra de Putin?

visto na net

Nesta edição do podcast Contra Regra, Catarina Martins convidou Ksenia Ashrafullina, ativista russa radicada em Lisboa.

Internacional

Erdogan limita acesso às redes sociais para silenciar críticas à resposta ao sismo

8 de Fevereiro 2023

Após o sismo que fez mais de nove mil mortes no país, o regime turco restringiu o acesso ao Twitter e prendeu mais de dez pessoas que criticaram a resposta do governo à catástrofe.

MAAT. Foto de Daniela Goulart/Flickr.
Sociedade

Precários do MAAT denunciam falsos recibos verdes

8 de Fevereiro 2023

Na quinta-feira, o grupo de trabalhadores vai manifestar-se à porta do museu. Acusam a instituição de manter trabalhadores a recibos verdes apesar de assinarem ponto, terem farda, receberem ordens da chefia e terem escalas e horários definidos.

Internacional

Franceses voltaram às ruas contra o aumento da idade de reforma

8 de Fevereiro 2023

As manifestações desta terça-feira por todo o país juntaram quase dois milhões de pessoas, segundo as contas dos sindicatos, e repetem-se no sábado. Greves continuam nas refinarias, centrais elétricas e comboios.

CP. Foto de Paulete Matos.
Sociedade

Comboios em greve até dia 21

8 de Fevereiro 2023

Os trabalhadores da CP e IP lutam por melhores salários e dizem que a proposta das empresas significa na prática uma redução salarial. Dia 9 a greve é total. Depois será ao serviço dos períodos normais de trabalho diários que excedam as sete horas e meia.

Opiniões

Facilitismo e exigência, há lugar para os exames?

Sou da geração que fez greve contra os exames, na altura achávamos que os exames eram um péssimo método de avaliação, mas, em contrapartida, um ótimo meio de seleção social. Hoje sei mais, e continuo a achar o mesmo.

A alternativa à prepotência é a unidade e a intensificação da luta

Desde que estejam de boa fé e a favor das reivindicações da classe, todos os sindicatos devem convergir nas lutas e intensificá-las. A unidade e o reforço das lutas constituirão condições indispensáveis para a vitória.

A agenda tem agenda

O que hoje se decide em sede de especialidade sobre a "Agenda para o trabalho digno" será um consenso a dois sobre matérias que nunca pretenderam consensualizar e das quais, gritantemente, desviam o olhar. Não sendo isto já suficientemente grave, assistimos a um recuo a pedido.

Alta Voz

Porque é que George Santos não se demitirá

7 Fevereiro

O caso deste "vendedor de banha da cobra sem par" é-nos trazido por Luke Savage que pensa que enquanto ele continuar a ser útil à apertada maioria Republicana, é provável que o congressista com desonestidade crónica não vá a lado nenhum. Um artigo lido por Carlos Carujo.

Cristina Clara
Os Cantos da Casa

Cristina Clara n' Os Cantos da Casa

5 Fevereiro

Cristina Clara ― Lua adversa, 2021.

Azeitonas ― Reconstrução, 2022.

Maio Moço ― Inda canto, inda danço, 1987.

Trio Pangea ― Portuguese piano trios, vol. 2, 2019.

Beatriz Nunes, André Rosinha & Paula Sousa ― À espera do futuro, 2021

Edição nº 389, de 4 de fevereiro de 2023

Política

I Fórum LGBTQI+ vai debater as lutas e celebrar o ativismo

5 de Fevereiro 2023

Debates, workshops e plenários vão juntar mais de duas centenas de ativistas das lutas LGBTQI+ na Escola Artística Soares dos Reis, no Porto, a 11 e 12 de fevereiro.

Quatro e Vinte

Malta abre candidaturas para clubes sociais de canábis

4 Fevereiro

No primeiro país europeu a legalizar a canábis, as associações podem candidatar-se às licenças a partir do fim de fevereiro. Ouve esta e outras notícias no podcast Quatro e Vinte.

Internacional

África: resistir à dominação neocolonial

15 de Janeiro 2023

Que a crise histórica do sistema neoliberal seja uma oportunidade para os povos do Sul de demolir os fundamentos da competição internacional e do crescimento a qualquer custo e para fazer valer os princípios de um alter-desenvolvimento, ao mesmo tempo afro-centrado e de dimensão universal. Por Martine Boudet e Claude Serfati.

Mais Esquerda

Cuidadores Informais, Respostas Sociais e Direito ao Cuidado

5 Novembro

Audição pública realizada a 4 de novembro de 2022 na Assembleia da República. Com intervenções de Maria Anjos Catapirra (Associação Nacional de Cuidadores Informais), Tainara Machado (Colectiva e Precários Inflexíveis), Valentina Perrota (membro do Conselho Consultivo dos Cuidados no Uruguai) e José Gusmão (eurodeputado do Bloco/The Left).

Agenda

9 Fevereiro

Fotografias produzidas no âmbito do projeto “Espaço Emprego” da Solidariedade Imigrante – Associação para a Defesa dos Direitos dos Imigrantes. Mais informações
Lisboa, estações de metro de Baixa-Chiado, Odivelas, São Sebastião e Senhor Roubado, das 06h30 à 01h00.

Mais informações
Vila Nova de Famalicão, Fundação Cupertino de Miranda, 10h00 às 12h30 e 14h00 às 18h00.

Curadoria de Jorge Sobrado e Rita Roque, com colaboração de Arnaldo Saraiva. Mais informações
Porto, Biblioteca Municipal Almeida Garrett, 10h00-18h00.

Mais informações.
Porto, Espaço Mira Fórum, 15h00-19h00.

Mais informações
Porto, Livraria Gato Vadio, 16h00-23h00.

Exibição de filmes oriundos da Alemanha, Áustria, Suiça e Luxemburgo. Organização do Goethe Institut. Mais informações
Lisboa, Cinemateca Portuguesa, 19h00

Pelo Teatro da Rainha. Com Beatriz Antunes, Mafalda Taveira, Marta Taveira, Fábio Costa, Fernando Mora Ramos e Nuno Machado. Mais informações
Lisboa, Teatro da Politécnica, 19h00

Dramaturgia e encenação de Ricardo Neves-Neves com Adriano Luz, António Ignês, Cristóvão Campos, Dennis Correia, Filipe Vargas, João Tempera, José Leite, Luís Aleluia, Manuel Marques, Marco Delgado, Rafael Gomes, Renato Godinho e Ruben Madureira. Mais informações
Lisboa, Teatro da Trindade, 21h00

Mais informações
Viseu, Instituto Português da Juventude, 21h00.

Organizado pelo Cineclube do Porto. Mais informações
Porto, Casa das Artes, 21h30

Dossier

Um dos maiores espetáculos desportivos do mundo terá lugar num país onde os direitos humanos mais básicos são negados à esmagadora maioria da população. O regime bilionário tenta lavar a sua imagem com o apoio da FIFA num evento marcado desde o início por suspeitas de corrupção. Dossier organizado por Luís Branco.

 

Ler mais

Subscrever Newsletter

Sociedade

Convocar a História: as conversas da primeira série do podcast

20 de Maio 2022

Colonialismo, I República ou luta contra a ditadura são alguns dos muitos temas abordados ao longo dos 70 programas que integram a primeira edição do Podcast “Convocar a História”. “Foi um trabalho exaustivo e mesmo assim tanto ficou por falar e debater. Teremos pois de recomeçar após este intervalo para balanço” afirma Fernando Rosas.