Está aqui

Crise na Venezuela

Os últimos acontecimentos perturbadores na Venezuela são apenas o mais novo episódio de uma crise política que se agrava desde a morte de Hugo Chávez há seis anos

Venezuela: O reconhecimento de Juan Guaidó arrisca-se a provocar uma sangrenta guerra civil

Fevereiro 20, 2019

A realização de novas eleições gerais para resolver a disputa atual só pode ser o resultado de um acordo interno que a comunidade internacional poderá ajudar a facilitar. Por Temir Porras Ponceleon, chefe de gabinete de Nicolás Maduro entre 2007 e 2013.

Delegação do PPE que não foi autorizada a entrar na Venezuela, composta pelos eurodeputados Esteban González Pons, José Ignacio Salafranca, Gabriel Mato, todos do PP de Espanha, e pela eurodeputada Esther de Lange do Partido Democrata Cristão da Holanda

Delegação do PPE foi expulsa da Venezuela

Fevereiro 18, 2019

A delegação do grupo de direita do PE queria encontrar-se com o autodeclarado “presidente interino” Guaidó, mas não foi autorizada pelo Governo venezuelano a entrar no país. A delegação era composta por três eurodeputados do PP de Espanha, uma da Holanda e Paulo Rangel, que perdeu o avião.

"Para além de uma ou outra ação e discursos soberanistas, definitivamente, a dependência do petróleo e dos minerais na periferia capitalista costuma engendrar governos caudilhistas."

A Venezuela e a guerra pelo “excremento do diabo”

Fevereiro 16, 2019

Sobre o país das Caraíbas chocam-se “os sabres” e “os livros de cheques” das grandes potências do momento (EUA, China, Rússia e até a União Europeia). Esta ingerência faz com que a explosiva situação interna perca o seu caráter local. Por Alberto Acosta, Aporrea.

Cruz Vermelha Internacional diz que “ajudas” à Venezuela que chegarem dos EUA não são humanitárias e não participará na sua distribuição

Venezuela: Plataforma defende “ajuda social” e rejeita intervenção externa “camuflada”

Fevereiro 13, 2019

Plataforma cidadã considera urgente a “ajuda social”, perante a “crítica situação de emergência” da população venezuelana, mas rejeita ingerência externa. E cita a Cruz Vermelha Internacional que diz que ajudas dos EUA não são humanitárias.

Ser chavista hoje não significa necessariamente apoiar Maduro. Foto de subcomunicad\u262dr, licença Creative Commons

Uma análise da situação da Venezuela para além dos lugares comuns

Fevereiro 12, 2019

Já há tempos que deixou de ser uma questão de ideologia ou de classe. A Venezuela converteu-se num Estado mafioso no qual a cúpula dirigente se confronta com uma oposição que também responde a interesses claramente espúrios. Por Decio Machado.

Fotografia de ProtoplasmaKid, wikimedia commons

Mujica: A causa da paz está acima de qualquer outra

Fevereiro 8, 2019

O ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica afirmou estar convencido de que os EUA podem vir a intervir na Venezuela, se não virem outro remédio, o que torna central o tema de evitar a guerra. Entrevistado pela BBC, Mujica vê no conflito uma disputa geopolítica, porque “o grande império não vai aceitar de braços cruzados que o petróleo venezuelano seja administrado pela China”.

A Citgo é uma empresa venezuelana que opera nos EUA, estação de serviço em Chicago - Foto wikipedia

EUA entregam a Guaidó o controle da petrolífera Citgo

Fevereiro 8, 2019

Marco Rubio declarou nesta quarta-feira que o autodeclarado “presidente interino” da Venezuela vai nomear uma nova direção da Citgo, empresa venezuelana que opera nos EUA e que é considerada a “jóia da coroa” daquele Estado latinoamericano.

Ainda se vão descobrir armas de destruição maciça na Venezuela

Fevereiro 7, 2019

Ou um incidente sangrento que justifique tudo. De uma forma ou outra, tem mesmo de haver o início de uma guerra civil para que a estratégia funcione. E já vimos de tudo, não é certo?

António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas. Foto de UNclimatechange, Flickr.

Venezuela: ONU oferece mediação ao governo e à oposição

Fevereiro 5, 2019

ONU considera que não lhe compete reconhecer Guaidó como chefe de Estado. António Guterres esclareceu que se mantém a oferta de mediação ao governo e à oposição para encontrar uma solução política. Marisa Matias frisou que o Bloco “não está com Trump e Bolsonaro. Está com Guterres e as Nações Unidas”.

Manifestação em Barquisimeto, no Estado de Lara, convocada pela oposição a Maduro, sábado, 2 de fevereiro de 2018

Venezuela: Maduro pede ajuda ao Papa

Fevereiro 4, 2019

Nicolás Maduro anunciou o envio de uma carta ao Papa Francisco pedindo-lhe ajuda para o diálogo. 12 países da UE reconheceram Guaidó, enquanto grupo de contacto reúne dia 7 no Uruguai procurando via de diálogo. Tensão interna acentua-se.

Catarina Martins defendeu "uma mediação internacional para eleições livres, para eleições que permitam uma solução escolhida pelo povo venezuelano" - Foto Paula Nunes

“Bloco não acompanha nem Maduro nem Guaidó”

Fevereiro 4, 2019

Catarina Martins defende uma mediação internacional para eleições livres e lembra que o Bloco de Esquerda alertou para a “deriva autoritária” de Maduro, quando “altos representantes de PSD, CDS e PS” o visitavam.

Falsas Bandeiras em Caracas

Fevereiro 1, 2019

O presidente do parlamento autoproclamou-se presidente interino. Uma lufada de ar fresco na asfixia democrática na Venezuela? Engana-se quem acha que se apaga fogo com gasolina.

Fotografia: commons/wikimedia.org

Parlamento Europeu apoia ultimato à Venezuela

Janeiro 31, 2019

Depois de Maduro ter dito que não aceitaria o ultimato da Europa, o Parlamento Europeu reconheceu Juan Guaidó como o “presidente interino legítimo” da Venezuela. Marisa Matias, eurodeputada do Bloco, votou contra.

Angela Merkel, Theresa May e Emmanuel Macron.

Macron, Sánchez, Merkel e May não têm o direito de lançar um ultimato à Venezuela

Janeiro 30, 2019

Neste artigo, Eric Toussaint defende que a esquerda tem razões para criticar fortemente Nicolás Maduro, mas os líderes políticos europeus que apoiam e vendem armas a ditadores não têm qualquer legitimidade para lhe fazerem ultimatos.

Declaração assinala que a crise na Venezuela “afeta dramaticamente todos los aspetos da vida de uma nação” - Foto de protesto de docentes em 15 de janeiro de 2019

Venezuela: declaração internacional apela a uma solução democrática

Janeiro 29, 2019

O documento, subscrito por 120 académicos, condena a intervenção imperial, critica o “autoritarismo” do governo de Maduro, rejeita a autoproclamação de Guaidó como 'presidente interino' e a criação de um 'Estado paralelo' e apoia propostas de diálogo e saídas negociadas.

Manifestação convocada pela Assembleia Nacional, Caracas, 23 de janeiro

Venezuela: plataforma cidadã propõe diálogo e referendo pela soberania e pela paz

Janeiro 28, 2019

A Plataforma Cidadã em Defesa da Constituição denuncia que a autoproclamação de Juan Guaidó e o seu reconhecimento por Trump é o “início de um golpe de Estado”, alerta para o risco de uma “guerra civil” e apela ao diálogo entre a Assembleia Nacional e o Governo de Maduro.

Chomsky e mais de 70 intelectuais repudiam interferência dos EUA na Venezuela

Janeiro 25, 2019

Numa carta aberta, o grupo de intelectuais, historiadores e especialistas em política latino-americana acusam os Estados Unidos de acelerar a crise no país e defendem que a única solução para a Venezuela "é um acordo negociado”.

Bloco de Esquerda apela a “solução política gerida de forma a levar a eleições livres e democráticas num curto espaço de tempo” e sem ingerência internacional na Venezuela

Bloco apela a solução política e sem ingerências na Venezuela

Janeiro 24, 2019

O líder parlamentar do Bloco de Esquerda apela a “uma solução política gerida de forma a levar a eleições livres e democráticas num curto espaço de tempo” e sem ingerência internacional na Venezuela.

Docentes exigem melhores salários, Caracas, 21 de janeiro de 2019 – foto de aporrea.org

Venezuela: plataforma propõe referendo para renovar todos os poderes públicos

Janeiro 22, 2019

Plataforma em Defesa da Constituição acusa os EUA, a UE e o Grupo de Lima de tentarem criar um “Estado paralelo” e critica o regime de Maduro por ser inconstitucional e responsável pela enorme crise social. Sublinhando que só o povo venezuelano pode decidir a saída para a crise política, Plataforma propõe referendo.

Nicolás Maduro à chegada da sua visita à China

Maduro diz que China apoia Plano Económico do seu governo

Setembro 18, 2018

O presidente da Venezuela visitou a China e, no seu regresso, escreveu no twitter que “o plano de recuperação económica” conta com o apoio chinês. Foram assinados 28 acordos de “cooperação estratégica” entre os dois países e a China terá emprestado 5 mil milhões de dólares à Venezuela.

Nicolás Maduro tem um plano? “Socialismo”, hiperinflação e regressão social

Agosto 30, 2018

Quase ninguém se atreve a negar que a Venezuela sofre a crise mais grave da sua história. Pelo quinto ano consecutivo, o país terá a inflação mais alta do mundo (estimada em 82.766% para o período de julho de 2017 a julho de 2018). Por Manuel Sutherland

Gonzalo Gómez: "O socialismo não se faz com armadilhas". Foto de aporrea.org

Venezuela: “Maduro está a desmontar o processo revolucionário”

Março 25, 2018

Em entrevista ao Esquerda.net, Gonzalo Gómez, porta-voz da Marea Socialista, denuncia que a Assembleia Constituinte está “a adaptar o regime político e económico venezuelano a aos interesses da burocracia e ao seu processo de assimilação ao capital”. Por Luis Leiria.

Henrique Capriles, candidato a presidente da Venezuela em 2013, dirigente da oposição de direita (MUD) e do partido de direita, Primero Justicia

Venezuela: Oposição de direita apoia sanções impostas por Trump

Agosto 31, 2017

Na passada sexta-feira, o presidente norte-americano impôs sanções à Venezuela. A oposição de direita unida (MUD), tradicionalmente golpista e reacionária, apoia as sanções de Trump. A esmagadora maioria da população venezuelana está contra.

O passarinho de Nicolás Maduro

Agosto 24, 2017

Disse Maduro durante a campanha eleitoral em que foi eleito há três anos: “O passarinho cantou mais um pouquinho, deu uma volta e foi embora. E eu senti o espírito de Chávez".

Venezuela: Maduro num país sem estatísticas

Agosto 23, 2017

Para disfarçar a concentração de poderes, criou uma “Constituinte”; para mascarar a tragédia social, deixou de publicar estatísticas.