Está aqui

Francisco Louçã

Professor universitário. Ativista do Bloco de Esquerda.

Artigos do Autor(a)

12 de Novembro, 2019 - 15:43h

A diferença, talvez a única, dos escândalos financeiros recentes em relação ao que se passava há uns anos é que agora não escandalizam, são o nosso normal.

8 de Novembro, 2019 - 16:38h

Em Espanha (e não será assim em Portugal?), todos os acordos parlamentares são possíveis, desde que não ponham em causa o monopólio continuista do poder.

5 de Novembro, 2019 - 16:57h

Greenspan, que deixou a Reserva Federal dois anos antes do colapso do subprime, reconheceu mais tarde no Congresso dos EUA o desastre e os erros.

28 de Outubro, 2019 - 22:59h

As soluções devem ser duras. Reduzir a procura, começar por encerrar os vistos gold. Aumentar a oferta, fechando muito alojamento local.

25 de Outubro, 2019 - 22:22h

Se o Governo continuar a querer fazer os grandes relatórios e os brilharetes e não se dedicar às pequenas coisas, bem pode esperar pelo dia em que alguém olhará para trás.

21 de Outubro, 2019 - 15:18h

Há que simplesmente tratar Ventura como o que ele é, ou seja, como faria Natália Correia, notando que se trata de um emproado que quer fazer carreira deitando lama para todo o lado e que só vale 1% do eleitorado.

18 de Outubro, 2019 - 17:05h

Antes de se atirar contra alguma frase venturista ou de levantar a sua indignação contra o que ele vai fazer todos os dias, pergunte-se como diria Natália Correia, que poema leria ou que imagem apreciaria.

13 de Outubro, 2019 - 22:41h

Nas negociações ensaiadas na quarta-feira e fechadas na quinta-feira à noite, ficou-se a saber que o governo não quer maioria, quer jogo político.

8 de Outubro, 2019 - 10:15h

A menos que queira concretizar o que o primeiro-ministro sugeriu misteriosamente, uma crise política programada para daqui a dois anos, o novo Governo terá de contribuir para entendimentos sólidos sobre as questões mais difíceis que ficaram fora da agenda do mandato anterior.

4 de Outubro, 2019 - 23:39h

A haver negociações entre o PS e a esquerda, há três dossiês que ficaram por completar: o do SNS, o da lei de bases da habitação e o dos cuidadores informais.

Páginas