Sociedade

Proposta do reitor aprovada na quarta-feira refere-se apenas a projetos futuros e inclui instituições palestinianas que se manifestem a favor do Hamas. Docentes e estudantes exigem que o Conselho Geral da Universidade tome posição na reunião da próxima semana. Estudantes acampados mostram-se desiludidos com a posição do Senado.

O abaixo-assinado defende que a reitoria deve seguir o exemplo de outras universidades europeias e acabar com os acordos de cooperação com instituições ligadas à ocupação da Palestina. Acampamento estudantil pelo fim do genocídio já dura há 24 dias.

Perante a intransigência das Misericórdias, os trabalhadores decidiram convocar uma greve para 21 de junho. Lutam pela integração na esfera do Estado, melhores condições de trabalho e salários justos e dignos.

Mais de cem das medidas não chegaram a sair do papel. As associações criticam a ausência de um orçamento próprio com dotação específica. A área da educação e qualificação é a que está mais atrasada.

Trabalhadores acusam a administração de adiar permanentemente as negociações com a comissão sindical e de querer impor o fim do descanso semanal em troca da redução do horário de trabalho. Recolha do lixo na região de Lisboa será afetada nas noites de quinta e sexta-feira.

Dezenas de estudantes estão a ocupar a Universidade do Minho, em solidariedade com o povo palestiniano. Solicitam que a Universidade tome posição sobre o genocídio em Gaza. A sua ação levou 80 docentes a subscrever a carta “Calar é Consentir”, endereçada ao Reitor e ao Conselho Geral da Universidade.

Os trabalhadores do grupo Heineken estão em greve no dia 14 de junho. Lutam pelo direito de integração dos trabalhadores da Novadis no acordo coletivo da Central de Cervejas/Heineken.

Os 24 trabalhadores estavam a recibos verdes pagos através de empresas subcontratadas. O tribunal reconheceu o seu vínculo contratual à estação pública regional de rádio e televisão.

Ao lançar nova edição da obra, Silvia Federici relembra a sua trajetória e angústias, em busca dos nexos entre o capitalismo e a opressão das mulheres. O seu livro tornou-se uma arma para desvendar a selvajaria renovada do patriarcado – e revertê-la.

Silvia Federici

Relatório do Observatório Europeu dos Meios de Comunicação Digitais diz que o número de relatos e notícias falsas publicadas na internet relacionadas com a União Europeia atingiu o máximo desde maio do ano passado, quando começou a sua monitorização.

O Sindicato dos Jornalistas diz ser uma “situação desumana, que está a deixar pessoas à fome, que está a corroer a vida de dezenas de jornalistas” instando a administração a demitir-se caso não encontre soluções.

Tribunal de primeira instância deu como provado que Pinho agiu para favorecer os interesses do Grupo Espírito Santo. Juíza condenou o ex-ministro a dez anos de prisão e o ex-banqueiro a seis anos e três meses. Alexandra Pinho foi condenada a quatro anos e oito meses com pena suspensa.

O ex-presidente do BES Angola que fechou as instalações da gráfica Printer, deixando 120 trabalhadores à porta, não respondeu à maioria das perguntas sobre a empresa e preferiu queixar-se das denúncias do Bloco, respondendo assim ao deputado José Soeiro: “Supondo até que eu tivesse roubado a Angola, é um problema de Angola, não é problema seu”.

Em entrevista ao Esquerda.net, Alberto Matos, da Solidariedade Imigrante - Associação para a Defesa dos Direitos dos Imigrantes, explica o que está em causa no Plano de Ação para as Migrações e quais são as consequências das medidas já promulgadas pelo Presidente da República. 

Mariana Carneiro

Os trabalhadores querem que o pagamento do trabalho suplementar e em dias feriados seja regularizado. A paralisação vai ter incidência nos 38 museus e monumentos nacionais que são geridos pela Museus e Monumentos de Portugal.

O STEC saúda a decisão e afirma ser “lamentável e imoral” que a Caixa, com um extraordinário lucro de 395 milhões de euros no primeiro trimestre de 2024, seja “uma promotora de trabalho precário e de baixos salários, ao invés de promover a contratação”.

A falta de transparência quanto à identidade dos investidores e beneficiários de fundos geridos pela Alpac Capital vai custar cem mil euros de multa imposta pela CMVM ao fundo que comprou os jornais “Nascer do Sol” e “i”.

A maioria dos partidos tem defendido a independência do BCE, com base na premissa de que a política monetária não deve ser definida pelo poder político. Mas raramente se discute o quão frágil - e pouco democrática - é esta ideia.

Vicente Ferreira

Os trabalhadores reivindicam um aumento salarial mínimo de 80 euros e uma subida do subsídio de refeição para 9,60 euros. E prometem retomar a greve a 5 e 25 de junho se as suas reivindicações não formem atendidas.

Greve convocada pela FESAHT incluiu concentração à porta dos patrões da restauração, que continuam a pagar valores próximos do salário mínimo e a bloquear a contratação coletiva, apesar de os lucros continuarem sempre a subir de ano para ano.