Está aqui

EUA x China: para além da guerra comercial, há uma disputa pela hegemonia tecnológica

Texto de Luis Leiria de apoio ao debate “EUA x China: para além da guerra comercial, há uma disputa pela hegemonia tecnológica”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 10 horas, no Porto.

Um dos mais recentes episódios da guerra comercial entre China e Estados Unidos (dada a política ziguezagueante de Trump nesta disputa, há sempre um novo episódio) ocorreu nos meses de maio e junho de 2019 e teve como centro a Huawei, empresa chinesa de telecomunicações. Acusada por Washington de usar os seus equipamentos para espionar a favor do governo chinês, a Huawei foi inscrita pelo Departamento de Comércio dos EUA numa lista de entidades às quais as empresas norte-americanas só podem fornecer produtos com autorização especial.

A empresa negou veementemente a acusação, e Washington não forneceu qualquer prova que confirmasse a existência de “portas de traseiras” para facilitar atividades de espionagem nos equipamentos produzidos pela Huawei.

Apesar de a empresa chinesa ser a segunda maior vendedora de smartphones do mundo, atrás apenas da Samsung e à frente da Apple1, não é esse o motivo de preocupação dos Estados Unidos. O que provoca consternação na Casa Branca é o facto de a Huawei ser líder no que se refere à implantação das redes móveis de quinta geração, a 5G, sem que haja qualquer empresa dos EUA em condições de competir com ela.

“A ausência de uma alternativa dos EUA aos fornecedores de equipamento para redes 5G sublinha o crescente domínio da Huawei, que se tornou na maior fornecedora mundial de equipamentos de telecomunicações, provocando temores dentro da administração Trump de que uma rede 5G equipada com componentes sem-fios da Huawei possa pôr em perigo a segurança nacional. E põe em relevo a retirada, que dura anos, das empresas norte-americanas desse mercado”, escreveu recentemente o The Washington Post. 2

“A 5G não é a bomba atómica, a 5G é apenas uma ferramenta para transmitir informação”, afirmou o presidente da Huawei, Ren Zhengfei, numa recente entrevista.3 “O conteúdo transmitido nada tem a ver com a ferramenta de transmissão. É como um microfone – não se pode dizer que um microfone é uma ferramenta perigosa porque pode transmitir vozes.” Sobre o ataque sofrido por parte dos Estados Unidos, Zhengfei comparou a sua empresa a um avião-bombardeiro americano na Segunda Guerra Mundial que, apesar de muito atingido e esburacado pelo inimigo, conseguiu voltar à base e pousar em segurança: “Queremos consertar os buracos e ajustar a rota enquanto voamos. Sem dúvida que vamos conseguir sobreviver, e liderar em áreas como a tecnologia 5G”, assegurou.

E no entanto, há uma década, lembra Henny Sender, correspondente-chefe de finanças internacionais do Financial Times em Hong Kong, “a Huawei, maior fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações, era uma pouco conhecida fornecedora de serviços, principalmente no sudeste asiático e na Europa do leste e central, distante de rivalizar com os americanos em mercados mais desenvolvidos. Os seus resultados chegavam a cerca de 28 bilhões de dólares em 2009. No ano passado, foram 107 bilhões de dólares.”4

A Huawei é apenas um exemplo dos resultados do gigantesco salto tecnológico conseguido pela China nas três últimas décadas. Quando começou a implantar a sua indústria de informática, nos anos 80, a China parecia votada a repetir o que já estava a fazer noutras áreas: cópias baratas e de má qualidade dos produtos de países mais desenvolvidos. Mas a história foi outra: hoje, Pequim disputa a liderança em diversas áreas da tecnologia.

---

Nesta apresentação, procuramos fazer um breve histórico da disputa comercial entre os EUA e a China, iniciada em 2018, mostrando como o resultado até agora está a ser o oposto do que Trump pretendia.

Dito isso, abordamos o aspecto central desta disputa: mais que uma guerra comercial, o que está em jogo é a disputa pela hegemonia tecnológica em diferentes áreas.

Mas como é possível que um país como a China, que começou a sua indústria informática nos anos 80 fazendo cópias baratas e usando software pirata, tenha chegado ao ponto de disputar a hegemonia tecnológica em áreas como a quinta geração de redes móveis de Internet, a Inteligência artificial, os supercomputadores ou os automóveis elétricos?

Finalmente, mostramos como a tecnologia pode trazer enormes melhorias a toda a humanidade, mas também pode ser usada para pôr em funcionamento sistemas monstruosos de vigilância em massa, produzindo distopias perto das quais a do famoso livro 1984 parece uma brincadeira.

1Slavov, Vlad, “Huawei’s phone sales are ballooning while Apple and Samsung’s slump”, The Verge, 1/5/2019. https://www.theverge.com/circuitbreaker/2019/5/1/18525034/huawei-apple-samsung-smartphone-market-share-idc-2019

2Fung, Brian, “How China’s Huawei took the lead over U.S. companies in 5G technology”, The Washington Post, 10/4/2019. https://www.washingtonpost.com/technology/2019/04/10/us-spat-with-huawei-explained/?utm_term=.10d358bb19ad

3“Huawei's Ren Zhengfei Interviewed by Bloomberg News: Excerpts”, Bloomberg News, 1/6/2019. https://www.bloomberg.com/news/articles/2019-06-01/huawei-s-ren-zhengfei-interviewed-by-bloomberg-news-excerpts

4Sender, Henny, “US-China contest centres on race for 5G domination”, Financial Times, 18/6/2019. https://www.ft.com/content/d3072b76-90e9-11e9-aea1-2b1d33ac3271

Para saber mais sobre o Fórum Socialismo 2019, clique aqui.

Sobre o/a autor(a)

Jornalista do Esquerda.net
(...)

Resto dossier

O Fórum Socialismo 2019 realiza-se de 31 de agosto a 2 de setembro na Escola Artística Soares dos Reis, no Porto.

Fórum Socialismo 2019

Neste dossier, apresentamos vários textos de introdução a diversos painéis e debates, que decorrerão entre 30 de agosto e 1 de setembro no Fórum Socialismo, na Escola Artística Soares dos Reis, no Porto.

Fotografia de Paula Nunes

2º dia do Fórum Socialismo: 18 painéis em debate

O Socialismo 2019 terminou este domingo a sua ronda de debates. O esquerda.net assistiu a algumas das 18 sessões do dia.

Fotografia de Paula Nunes

1º dia do Fórum Socialismo: 33 painéis em debate

O Socialismo 2019 começou este sábado a sua ronda de debates. O esquerda.net assistiu a algumas das 33 sessões do dia.

O meu ofício de poeta para a reconstrução do mundo

Texto de Pedro Lamares de apoio ao debate "Recordar Sophia de Mello Breyner", que terá lugar no Fórum Socialismo 2019 no sábado, 31 de agosto, às 18h15, no Porto.

EUA x China: para além da guerra comercial, há uma disputa pela hegemonia tecnológica

Texto de Luis Leiria de apoio ao debate “EUA x China: para além da guerra comercial, há uma disputa pela hegemonia tecnológica”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 10 horas, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Será com o Mexia que vamos reduzir as emissões?

Texto de Jorge Costa e Miguel Heleno de apoio ao debate “Será com o Mexia que vamos reduzir as emissões?”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 11h45, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Desafios na governação de uma cidade

Texto de Manuel Grilo e Filipa Gonçalves de apoio ao debate “Desafios na governação de uma cidade”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 14h30, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Pluridiscriminações de género. A luta pela igualdade, retrocessos e caminhos

Texto de Sandra Cunha e Cyntia de Paula de apoio ao debate “Pluridiscriminações de género. A luta pela igualdade, retrocessos e caminhos”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 10 horas, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Quem protege as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens?

Texto de Paula Nogueira e Célia Carvalho de apoio ao debate “Quem protege as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens?”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 10 horas, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Como se muda a escola? Doze anos de escolaridade: e agora?

Texto de Alexandra Vieira de apoio ao debate “Como se muda a escola? Abertura de um processo sobre revisão curricular”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 10 horas, no Porto.

Fotografia de Ana Bárbara Pedrosa

Quanto mais Trump, menos Palestina

Texto de Alda Sousa e José Manuel Resende de apoio ao debate “Quanto mais Trump, menos Palestina”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 14h30 horas, no Porto.

Fotografia: académicos, intelectuais e ativistas sociais apelam, à escala latino-americana e internacional, ao fim da violência e ao “diálogo político e social” na Venezuela, 2017.

Venezuela, um país bloqueado

Texto de Carlos Santos de apoio ao debate “Venezuela”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 10 horas, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

1969 – O Ano que Nunca Terminou

Texto de Maria Manuela Cruzeiro de apoio ao debate “50 anos da crise académica”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 14h30 horas, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Como tornar os Transportes Públicos gratuitos?

Texto de Heitor de Sousa de apoio ao debate “Como tornar os Transportes Públicos gratuitos?”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 11h45, no Porto.

Fotografia: Reprodução/Karilayn Areias

O samba como movimento político: conferência cantada

Texto de Luca Argel de apoio ao debate “O samba como movimento político: conferência cantada”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 14h30, no Porto.

Fotografia: precarios.net

Combater as novas formas de precariedade

Texto de Nelson Silva de apoio ao debate “Combater as novas formas de precariedade”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 14h30, no Porto.

Fotografia: commons/wikimedia.org

A concepção do processo revolucionário em Rosa Luxemburg

Texto de António Louçã de apoio ao debate “Rosa Luxemburgo”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 16h30, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Por uma Academia de Iguais

Texto de Teresa Summavielle de apoio ao debate “Transformar a academia”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 11h45, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Como se muda a escola? Abertura de um processo sobre revisão curricular

Texto de Adelino Calado de apoio ao debate “Como se muda a escola? Abertura de um processo sobre revisão curricular”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 10 horas, no Porto.

Fotografia de Hugo Evangelista

Como resgatar os CTT para a esfera pública?

Texto de Roberto Tavares de apoio ao debate “Como resgatar os CTT para a esfera pública?” , que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 10h, no Porto. O debate será dinamizado por Joni Ledo e Roberto Tavares.
Fotografia de Paulete Matos

O que é o municipalismo de esquerda? 2/2

Texto de Ana Garron de apoio ao debate “O que é o municipalismo de esquerda?”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 16h30, no Porto. O debate será dinamizado por José Castro e Ana Garron.

Fotografia de Paulete Matos

Transformar a Academia: o poder em disputa

Texto de Luís Monteiro de apoio ao debate “Transformar a Academia“, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 11h45 horas, no Porto.

Política de drogas em Portugal

Texto de Adriana Curado, Bruno Maia e Henrique Barros de apoio ao debate “Política de drogas em Portugal?”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 14h30, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

Pela nossa saúde: respostas públicas para o envelhecimento

Texto de Nuno Veludo de apoio ao debate “Pela nossa saúde: respostas públicas para o envelhecimento“, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 11h45 horas, no Porto.
Imagem de andrelemos.info

Eles andam por aí nas redes sociais: a nova direita

Texto de Francisco Louçã de apoio ao debate “Eles andam por aí nas redes sociais: a nova extrema-direita”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 14h30, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

O que é o municipalismo de esquerda? I/II

Texto de José Castro de apoio ao debate “O que é o municipalismo de esquerda?”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 16h30, no Porto. O debate será dinamizado por José Castro e Ana Garron.

Fotografia de Paulete Matos

A história do capitalismo português em 40 minutos

Texto de Mariana Mortágua de apoio ao debate “A história do capitalismo português em 40 minutos”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 18h15, no Porto.

Fotografia: theglobepost.com

Nações sem Estado

Texto de Isabel Pires de apoio ao debate “Nações sem Estado”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 14h30 horas, no Porto.

Fotografia de Paulete Matos

CTT: nacionalizar e reabrir. A exceção que falta.

Texto de Joni Ledo de apoio ao debate “Como resgatar os CTT para a esfera pública?“, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 10 horas, no Porto.

Texto de Rui Cortes de apoio ao debate “Regionalização: uma descentralização democrática”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019

Regionalização – a receita mágica para a coesão territorial?

Texto de Rui Cortes de apoio ao debate “Regionalização: uma descentralização democrática”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 16h30, no Porto. O debate será dinamizado por Rui Cortes e Helena Pinto.

Fotografia de Paulete Matos

Políticas para envelhecimento de qualidade - políticas para todos e todas!

Texto de Lúcia Cunha de apoio ao debate “Pela nossa saúde: respostas públicas para o envelhecimento”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 11h45 horas, no Porto.
Fotografia de Paulete Matos

Uma nova era na forma de encarar o parto e os cuidados a ter

Texto de Ana Campos e Luísa Sotto Mayor de apoio ao debate “Uma nova era na forma de encarar o parto e os cuidados a ter", que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 16h30, no Porto.

Trabalhadores por turnos, batalha pelo tempo e pela saúde

Texto de Alexandre Café de apoio ao debate “Trabalho por turnos: custos na vida familiar e social”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 11h45, no Porto. O debate será dinamizado por Joana Neto e Alexandre Café.

Alternativa de integração à praxe: disputa cultural nas universidades

Texto de João Teixeira Lopes de apoio ao debate “Alternativa de integração à praxe: disputa cultural nas universidades”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 10 horas, no Porto.

Trabalhadores por turnos: uma legislatura e uma oportunidade perdida

Texto de Joana Neto de apoio ao debate “Trabalho por turnos: custos na vida familiar e social”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no sábado, 31 de agosto, às 11h45, no Porto. O debate será dinamizado por Joana Neto e Alexandre Café.

Fórum Socialismo 2019: de 30 de agosto a 1 de setembro no Porto

Luca Argel, Pedro Lamares e Miguel Duarte são alguns dos convidados para o fórum de debates organizado anualmente pelo Bloco de Esquerda.

50 anos da Crise Académica de 1969: Crises, história e memória

Texto de Miguel Cardina de apoio ao debate “50 anos da crise académica”, que terá lugar no Fórum Socialismo 2019, no domingo, 1 de setembro, às 14h30 horas, no Porto.