Está aqui

Tribunal suspende exumação de Franco

A exumação dos restos mortais do ditador espanhol estava marcada para 10 de junho. Supremo Tribunal decidiu suspendê-la até analisar as queixas que tem entre mãos contra esta decisão do governo espanhol.
Foto Elentir/Flickr

A decisão foi tomada por unanimidade entre os cinco juízes que analisaram as providências cautelares interpostas pela família de Franco, pela Fundação Franco e pela comunidade beneditina do Vale dos Caídos, memorial construído no tempo da ditadura para homenagear os mortos nacionalistas da Guerra Civil, recorrendo a mão de obra forçada dos presos republicanos, e que se converteu em local de peregrinação dos nostálgicos do regime fascista.

O Supremo Tribunal considerou que terá de analisar e decidir primeiro sobre o fundo das questões jurídicas levantadas pelos queixosos e que só a suspensão da exumação evitará o prejuízo para estes, no caso de lhes vir a dar razão.

A retirada dos restos mortais de Francisco Franco da Basílica do Vale dos Caídos foi uma das primeiras decisões do governo PSOE quando tomou posse no ano passado. A data da exumação esteve anunciada para o verão de 2018 e foi sendo adiada sucessivamente, até que o governo de Pedro Sánchez anunciou a data de 10 de junho para a transferência dos restos mortais do ditador para o cemitério de Mingorrubio, uma localidade madrilena construída para alojar os militares da escolta do ditador, e onde está sepultada a esposa de Franco e vários ex-presidentes dos seus governos, como Carlos Arias Navarro ou Luis Carreiro Blanco.

O governo reagiu de imediato à decisão anunciada esta terça-feira, desvalorizando a suspensão cautelar por “nada indicar sobre o fundo da questão”. O governo espanhol está convencido que a estratégia de criar obstáculos legais à exumação do ditador não será bem sucedida e que a decisão agora anunciada apenas a irá adiar por mais uns meses. Enquanto isso, decorrem as obras no cemitério de Mingorrubio para que os restos do ditador sejam sepultados ao lado dos da sua esposa.

Termos relacionados Internacional
(...)