Está aqui

Glifosato na urina? 48 eurodeputados fizeram o teste. Juncker não quis…

Na semana em que os países europeus decidem sobre a autorização do glifosato presente nos herbicidas, um grupo de eurodeputados decidiu mostrar como esta substância tóxica já está presente com níveis preocupantes no corpo humano.
Foto Mike Mozart/Flickr

Numa ação política em vésperas da decisão sobre a reautorização do uso do glifosato na Europa, um grupo de eurodeputados belgas convidou colegas de vários partidos e nacionalidades para testar os níveis de glifosato presentes na sua urina.

Segundo o diario francês Le Monde, o resultado das 48 análises revelou uma taxa média dezassete vezes acima do permitido para a água potável, com alguns dos eurodeputados a acusarem 35 vezes esse nível.  

A experiência também foi proposta ao presidente da Comissão Europeia Jean Claude Juncker, mas o convite ficou sem resposta.

Na próxima quarta e quinta-feira reunirá um comité com representantes dos países da UE para decidir sobre o futuro do uso do glifosato presente em herbicidas como o Roundup, da multinacional Monsanto. Em cima da mesa está a proposta de uma reautorização por nove anos, sem restrições ao uso do glifosato.

Artigos relacionados: 

Comentários (2)