Está aqui

CP em greve no dia 16 de maio

Os trabalhadores da CP decidiram convocar uma greve de 24 horas para o dia 16 de maio. Em causa está a luta pela revisão do acordo de empresa, a valorização dos salários e a integração dos trabalhadores da ex-EMEF sem perda de direitos.
Estação de São Bento. Fotografia: Mário José Martins/Wiki Commons

No dia 28 de abril, em plenário nacional descentralizado, os trabalhadores da CP decidiram convocar uma greve de 24 horas para o dia 16 de maio.

O pré-aviso de greve abrange também os trabalhadores que iniciem o período de trabalho no dia 15 de Maio de 2022 e o terminem no dia seguinte, bem como os que iniciam no dia 16 e terminam no dia seguinte. Consequentemente, os efeitos da luta dos trabalhadores far-se-ão sentir desde o final do dia de domingo até ao início de terça feira. 

De acordo com o comunicado do Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF), os trabalhadores exigem do Governo e dos responsáveis da CP a revisão do acordo de empresa e do regulamento de carreiras que “valorize os salários de modo a fazer face a brutal aumento do custo de vida”. Pretendem também a valorização da profissão bem como a integração dos trabalhadores da ex Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF), sem perda de direitos nem redução de remunerações. 

“Queremos uma negociação justa e não acordo imposto aos trabalhadores” afirma o SNTSF, acrescentando que a aceitação da proposta apresentada implica “menos direitos e mais polivalência de funções”. 

Termos relacionados Sociedade
(...)