Está aqui

Setúbal: Boi cai ao mar de navio de longo curso

O destino deste navio é Israel para que estes animais sejam aí abatidos, passando vários dias fechados com péssimas condições de bem estar. Deputada Maria Manuel Rola critica Governo, pela forma como encara os problemas que este tipo de negócio.
Boi caiu ao Sado - Foto de PATAV/Facebook
Boi caiu ao Sado - Foto de PATAV/Facebook

O episódio aconteceu esta terça-feira de manhã, durante mais um carregamento de animais no navio Uranus L, no porto de Setúbal. Passada menos de uma hora do início do embarque, um boi caiu do navio para a água quando tentava fugir.

O animal foi recolhido com vida a cerca de 1 km do local pela polícia marítima e já não voltou a embarcar. As autoridades não revelaram qual o destino deste animal.

O destino deste navio é Israel para que estes animais sejam aí abatidos, passando vários dias enclausurados com péssimas condições de bem estar, muitos deles a chegar  ao destino doentes ou mortos, conforme têm denunciado grupos como a Compassion in World Farming.

Já não é a primeira vez que o navio Uranus L está envolto em polémica pela forma negligente que trata os animais. No passado dia 12 de Maio, decorreu mais um embarque extremamente violento neste mesmo navio e neste mesmo porto, onde a PATAV observou e registou vários animais a serem arrastados pelas orelhas ou levantados pelo pescoço, prática proibida por provocar dor ou sofrimento desnecessários. Após este embarque a PATAV solicitou que todas as pessoas preocupadas com estas práticas enviassem à DGAV esta carta modelo.

Em post no facebook, a deputada Maria Manuel Rola critica: "O Governo não pode continuar a encarar acriticamente o problema de saúde pública, ambiental e de bem-estar animal que este tipo de negócio, que tem vindo a potenciar, levanta"

 

No próximo dia 14 de Junho será o Dia Internacional da Consciencialização contra o Transporte de Animais Vivos.

Termos relacionados Animais, Sociedade
(...)