Está aqui

Museu da Língua Portuguesa junta-se à celebração do centenário de Saramago

O renovado museu, em São Paulo, considera que a obra do escritor tem “uma grande projeção no Brasil” e vai realizar atividades culturais em parceria com a Fundação José Saramago.
Museu da Língua Portuguesa, São Paulo - Foto de Clarissa Rossarola | Flickr

O Museu de Língua Portuguesa, localizado em São Paulo, no Brasil, e que reabriu portas em julho passado depois de ter sido afetado por um incêndio, anunciou esta quinta-feira que assinou um memorando de entendimento com a Fundação José Saramago para se juntar às celebrações do centenário do escritor, de acordo com a Lusa.

Este memorando implica a realização de atividades culturais que celebrem o centenário do nascimento do Prémio Nobel da Literatura.

Entre as atividades previstas, estão iniciativas ou exposições gratuitas destinadas ao público mais novo, inspiradas nas obras de Saramago, previstas para o Museu de Língua Portuguesa e passíveis de circulação em “feiras literárias brasileiras”.

Lê-se no memorando que ainda está prevista a “reprodução de material expositivo, criado e fornecido pela Fundação Saramago, em espaços parceiros do Museu de Língua Portuguesa, como museus da rede estadual de São Paulo, espaços públicos de alta circulação”.

As comemorações do centenário do escritor só irão acontecer a 16 de novembro de 2022, mas as celebrações começaram no passado dia 16 de novembro.

Na programação constam o regresso da ópera “Blimunda”, de Azio Corghi e José Saramago, e a estreia do espetáculo de teatro de rua “A Passarola” pelo Trigo Limpo Teatro ACERT, de Tondela.

No dia 16 de novembro de 2022, uma centena de escolas do ensino secundário irão promover a leitura, em simultâneo, de páginas dos romances “Memorial do Convento” e “O Ano da Morte de Ricardo Reis”.

Termos relacionados Cultura
(...)