Está aqui

Memórias: Afonso Macedo (1970-2022)

Faleceu, com 52 anos, o Afonso Macedo. Foi radialista e um grande DJ, gerente de lojas de discos, ativista e promotor de eventos. Uma vida cheia de vidas. Por António José André.
Afonso Macedo. Imagem Rádio Baixa/Facebook

Conheci o Afonso Macedo no fim dos anos 1980, quando promovi as Noites catARTicas. Falava com ele sobre música diversa, quando trabalhou na "Fuga" (loja de António Cunha, fundador da Kaos) e, depois, na loja Almedina (na Rua Ferreira Borges). E fui ouvindo os seus programas na RUC.

Nos anos 1990, o Afonso Macedo começou a ser Dj, no Bar "A Noite Tem Mil Olhos". Por ali passámos. Depois, criou a "Cosa Nostra" com David Rodrigues, António Manuel e Paulo Furtado. Em 1999, promovi Noites catARTicas com elementos da "Cosa Nostra".

O Afonso Macedo fez parte, como independente, das listas autárquicas do Bloco de Esquerda em 2001 e 2005 e apoiou mais vezes outras iniciativas e causas bloquistas.

Em 2011, foi gerente de "Quebra Orelha", loja de música com publicações de BD, Design e Arquitectura, que tinha uma pequena secção de Literatura e outra de música tradicional portuguesa, Promovia pequenos showcases musicais e por ali passámos. Apreciei sempre a versatilidade do Afonso Macedo e das suas escolhas e sugestões das músicas eletrónicas.

Durante mais de duas décadas, o Afonso Macedo foi radialista e um grande DJ. Foi gerente de lojas de discos, ativista e promotor de eventos. Uma vida cheia de vidas... Faleceu com 52 anos, a 26 de agosto de 2022. Sendo de Coimbra, parecia intergalático.

Termos relacionados Memórias, Cultura
(...)