Está aqui

Iniciativa pela Auditoria à Dívida apresenta-se dia 15

Na próxima terça-feira é lançada a iniciativa por uma Auditoria Cidadã à Dívida Pública. Carvalho da Silva, Ana Benavente e José Gusmão são alguns dos promotores desta auditoria que vai "exigir às entidades públicas a informação que é direito dos cidadãos em democracia".
A auditoria pode levar à conclusão de que há parcelas da dívida ilegítimas, que devem ser repudiadas. Foto iris.disruptiva/Flickr

A apresentação da Iniciativa por uma Auditoria Cidadã à Dívida Pública terá lugar no dia 15 Novembro pelas 16h na Associação 25 de Abril, em Lisboa. Para além dos nomes já referidos, na conferência de imprensa estarão presentes o Comandante Ramiro Rodrigues, da A25A, a cineasta Raquel Freire e os economistas José Maria Castro Caldas e António Carlos Santos.

Esta iniciativa pretende realizar "um trabalho rigoroso de pesquisa - compilando e interpretando dados já públicos e outros que se tornem públicos a partir de agora - com vista ao esclarecimento urgente da sociedade portuguesa sobre as características de uma dívida que se tornou central na nossa vida colectiva".

Para os promotores desta Auditoria Cidadã, "a dívida pública portuguesa terá sempre de ser reestruturada, e deve sê-lo por iniciativa do Estado português, prolongando as suas maturidades e reduzindo juros e montantes". E avisam que "quanto mais tarde isto for reconhecido, piores serão as condições de negociação", uma vez que "hoje já será mais difícil renegociar com o FMI e a UE do que ontem o teria sido com os múltiplos credores privados".

Esta iniciativa surge na sequência do debate organizado no fim de Junho pelo Centro de Estudos Sociais sobre o mesmo tema, onde foram apresentados exemplos de iniciativas de Auditoria Cidadã noutros países. Com base nessa experiência, os promotores reconhecem que também em Portugal "a auditoria pode levar à conclusão de que há parcelas da dívida ilegítimas, que devem ser repudiadas".
 

Artigos relacionados: 

Termos relacionados auditoria à dívida, Sociedade
Comentários (1)