Está aqui

Carnaval antissemita volta a indignar a Bélgica

O Carnaval de Aalst contou com nova representação antissemita dos judeus ortodoxos no cortejo deste ano. A UNESCO tinha retirado em dezembro o evento da sua lista de Património Cultural Imaterial da Humanidade
Carnaval em Aalst
Carnaval em Aalst voltou este ano a apresentar representações antissemitas. Foto Stephanie Lecocq/EPA

O Carnaval de Aaslt, na Flandres, fazia parte da lista de Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO desde 2010, mas também é conhecido pelas piores razões, com a comunidade judaica a protestar por ser caricaturada com narizes em gancho e junto a sacos de ouro.

Este ano, voltaram a repetir-se as caricaturas antissemitas, com os judeus representados como insetos e até uniformes semelhantes aos da Gestapo. O governo belga, pela voz da primeira-ministra Sophie Wilmes, distanciou-se do evento, afirmando que ele ataca “os valores e a reputação do nosso país”.  

O presidente do município de Aalst, da Nova Aliança Flamenga, continua a dizer que não vê nenhum problema e que é tudo uma brincadeira. Já em dezembro, quando soube que a UNESCO iria retirar o Carnaval da sua lista, afirmou que os munícipes estavam a ser alvo de “acusações grotescas”. Christoph D’Haese anunciou na altura que renunciava à presença naquela lista da UNESCO, antecipando-se à decisão oficial.

“Nós não somos antissemitas nem racistas. Todos os que apoiam esta decisão estão a agir de má-fé. Aalst será sempre a capital do escárnio e da sátira”, afirmou o autarca, citado pelo Guardian. O autarca tem o apoio do ministro-presidente da Flandres, Jan Jambon, conhecido pelas ligações à extrema-direita.

Esta renúncia foi lida pelo líder da Associação Judaica Europeia como uma forma dos responsáveis “saltarem antes de serem empurrados”. Para Menachem Margolin, “apesar da evidente imagem antissemita grotesca e apesar da oportunidade para ao menos reconhecer a dor causada, o edil de Aalst manteve sempre uma postura desafiadora e de gozo”. Uma postura que foi ainda mais reforçada na edição deste ano do Carnaval de Aalst.

Termos relacionados Internacional
(...)