You are here

Alzheimer e Parkinson: propostas do Bloco aprovadas por unanimidade

As projecções indicam que em 2010 existirão em Portugal cerca de 75 mil doentes de AlzheimerA Assembleia da República aprovou esta sexta-feira por unanimidade dois projectos de lei do Bloco de Esquerda para garantir protecção social aos doentes de Alzheimer e Parkinson. O Partido Socialista chumbou uma terceira proposta para aumentar a comparticipação dos medicamentos para os doentes de Alzheimer. Consulta o primeiro e o segundo projecto aprovados, e o terceiro chumbado. Vê também o vídeo da intervenção de João Semedo.

Com estes projectos-lei o Bloco de Esquerda pretende terminar com a discriminação dos doentes de Alzheimer e Parkinson em relação a outros doentes crónicos que já beneficiavam deste tipo de apoios. Sendo duas doenças degenerativas e incapacitantes, e que em breve afectarão cerca de 100 mil portugueses, não se justificava a manutenção desta situação, tal como sublinhou na sua intervenção o deputado João Semedo.

As propostas aprovados determinam a atribuição pelo Estado de pensões de invalidez e, nos casos em que tal seja necessário, a atribuição de complementos por dependência, aos doentes de Alzheimer e Parkinson. Por seu turno, apesar dos votos favoráveis de toda a oposição, bastou o voto contra do Partido Socialista para chumbar a proposta que aumenta a comparticipação dos medicamentos para doentes de Alzheimer.

 

Termos relacionados Política