You are here

Greve na IP vai afetar circulação de comboios esta sexta-feira

O impacto nos comboios será significativo, diz a CP. Trabalhadores acusam a administração da Infraestruturas de Portugal de não cumprir o negociado para a valorização salarial.
Trabalhadores da IP. Foto de _morgado/Wikimedia Commons.
Trabalhadores da IP. Foto de _morgado/Wikimedia Commons.

Os trabalhadores das empresas do grupo Infraestruturas de Portugal vão fazer greve esta sexta-feira. A administração nem sequer previu no orçamento deste ano o que foi negociado o ano passado. Os dirigentes da empresa tinham garantido uma valorização salarial que não aconteceu. A “generalidade dos trabalhadores” não teve “qualquer aumento” e “os que tiveram foi um aumento insuficiente”, diz o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário da Fectrans.

Em comunicado dirigido aos trabalhadores, a estrutura sindical diz que “a Administração e o Governo tiveram tempo suficiente para evitar o conflito que os próprios iniciaram na empresa”. A Administração também “não quis” iniciar o processo de revisão do Acordo Coletivo de Trabalho, acusam. Para além disso, dizem que a administração nem sequer está a cumprir o atual ACT.

A greve vai provocar “perturbações significativas” na circulação de comboios a nível nacional, informou a CP em comunicado. Estas fazer-se-ão sentir já na quinta-feira e prolongar-se-ão até sábado, uma vez que os trabalhadores que comecem ou acabem o seu turno na sexta estão abrangidos pelo pré-aviso de greve.

Termos relacionados Sociedade
(...)