You are here

Câmara de Lisboa fornece mais de 3 mil computadores a alunos do primeiro ciclo

Os equipamentos terão como destino os alunos mais carenciados, assim como os alunos com necessidades de saúde especiais. Medida faz parte de um programa mais amplo de promoção da redução das desigualdades dos alunos de 1.º ciclo das escolas do Município.
Manuel Grilo em visita a uma escola em Lisboa
Foto de esquerda.net

Em entrevista à SIC Notícias, nesta segunda-feira à noite, onde o vereador Manuel Grilo apresentou as propostas da vereação bloquista para recuperar a cidade após a pandemia, o autarca anunciou que a Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai comprar 3.319 computadores que terão como destino os alunos dos escalões A e B, do 3º e 4º anos, assim como os alunos com necessidades de saúde especiais.

Os equipamentos fornecidos incluem um portátil tátil e conversível, adequado à faixa etária, Router 4G e Internet móvel para os próximos 3 meses, assim como centro de apoio e conteúdos programático incorporado, afirmou o gabinete do vereador ao esquerda.net.

Esta é uma medida que vem responder ao “distanciamento social imposto pelas medidas de emergência”, que provoca “o afastamento da escola e da turma” e “é um fator de agravamento das desigualdades sociais”, diz a mesma fonte. Para diminuir este efeito, a CML vai adquirir “soluções informáticas que permitem o acesso universal dos alunos da rede pública aos planos das suas escolas”.

A vereação do Bloco fez um levantamento junto de todos os agrupamentos de Lisboa e constatou que havia uma falta generalizada destes equipamentos. Os materiais que serão fornecidos agora, passam a ser propriedade das escolas, sendo devolvidos no final do ano letivo, para posterior alocação a outros alunos, ou futuras atividades da escola em contexto presencial ou remoto.

Esta medida faz parte de um programa mais alargado de resposta à pandemia, recentemente aprovado em reunião da CML, denominado “Covid-19: Programa para redução das desigualdades dos alunos de 1.º ciclo das escolas do Município”. Este documento tem três eixos de intervenção: Alimentação para alunos em situação de vulnerabilidade económica; Meios complementares de ensino - Ensino à Distância; Respostas a situações de violência em contexto familiar. 

Termos relacionados Covid-19, Política
(...)