You are here

Barroso na Goldman Sachs prova que "não há vergonha na elite europeia"

O líder parlamentar bloquista Pedro Filipe Soares reagiu à contratação de Durão Barroso pelo gigante da banca de investimento.
Pedro Filipe Soares. Foto Nuno Veiga/Lusa

"Termos um ex-presidente da Comissão Europeia a assumir o lugar de 'chairman' da Goldman Sachs significa, na prática, que não há vergonha na elite europeia da qual Durão Barroso faz parte", defendeu Pedro Filipe Soares em declarações à agência Lusa.

A contratação do ex-presidente da Comissão Europeia para presidente não-executivo do Goldman Sachs International, com sede em Londres, representa "mais um dos casos, não o único e infelizmente não o último" de "falta de vergonha de agentes privados e públicos", prosseguiu o líder parlamentar do Bloco de Esquerda.

"Que a Goldman Sachs é um grupo económico com escolhas duvidosas, ninguém duvidava. Que tem uma fama perto de miserável, ninguém duvida", prosseguiu Pedro Filipe Soares, lembrando as responsabilidades do banco na crise financeira de 2008.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
Comentários (4)