You are here

Ataques e ameaças ao SOS Racismo

Os muros da sede do SOS Racismo foram pintados com uma mensagem de ameaça. A associação declara que "nenhuma ameaça ou intimidação nos calará". 
Foto via SOS Racismo.
Foto via SOS Racismo.

Os muros da sede do SOS Racismo foram pintados com uma mensagem de ameaça: “Guerra aos inimigos da minha terra”.

O SOS Racismo apresentará queixa junto das entidades competentes, "exigindo que estas tudo façam para identificar e levar a tribunal os autores materiais e morais destes crimes".

Em comunicado, a associação afirma não ter dúvidas sobre o motivos destes ataques: "silenciar o combate ao racismo, intimidando as e os seus protagonistas".

No mês passado, vários ataques desta índole aconteceram um pouco por toda a Área Metropolitana de Lisboa, com mensagens racistas e xenófobas e ameaças de violência física a quem luta contra o racismo e o fascismo. "A luta antirracista está na ordem do dia e, depois da maior manifestação antirracista em Portugal, no passado dia 06 de Junho, a única resposta da extrema-direita é a ameaça covarde", afirma a SOS Racismo. 

"Esta estratégia do medo, da mordaça e da coação violenta foi sempre o método de intervenção política dos movimentos e grupos de extrema-direita", relembram. 

"O SOS Racismo não cederá a nenhum clima de terror de quem pretende um regresso ao sinistro passado do fascismo racista. Nenhuma ameaça ou intimidação nos calará, nem nos desviará um milímetro do combate determinado ao racismo e pela igualdade", concluem. 

Termos relacionados Racismo mata, Sociedade
(...)