Está aqui

Sinn Féin obtém vitória histórica na Irlanda do Norte

Os resultados finais das eleições na Irlanda do Norte confirmam que o Sinn Féin foi o partido mais votado e alcançou 27 mandatos. Michelle O’Neill diz que se trata de uma “mudança real”. Catarina Martins considera que o resultado é “uma nova esperança para a Irlanda”. Notícia Atualizada
Mary Lou McDonald e Michelle O'Neill - foto twitter Sinn Féin
Mary Lou McDonald e Michelle O'Neill - foto twitter Sinn Féin

As eleições na Irlanda do Norte decorreram nesta quinta-feira, 5 de maio de 2022, e os resultados finais já apurados confirmam que o Sinn Féin é o partido mais votado.

A vitória do Sinn Féin acontece pela primeira vez, alcançando um resultado verdadeiramente histórico.

O Partido Unionista Democrático (DUP), que até agora era o partido mais votado, ficou em segundo lugar.

Reforço da alternativa de esquerda na Europa”

A coordenadora do Bloco de Esquerda saudou o Sinn Féin, a sua líder Mary Lou McDonald e Michelle O’Neill, líder do partido na Irlanda do Norte.

“Um resultado extraordinário. Uma nova esperança para a Irlanda e um reforço da alternativa de esquerda na Europa”.

De acordo com os resultados finais das eleições para a Assembleia da Irlanda do Norte, publicados em “British Telegraph”, o Sinn Féin obteve mais de 250 mil votos, 29% e alcançou 27 dos 90 mandatos; o Partido Unionista Democrático (DUP) alcançou 21,3% e 25 mandatos; o Partido Aliança, liberal, alcançou 13,5% e assegurou 17 lugares, ficando em terceiro lugar; o Partido Unionista do Ulster (UUP) com 11,2% garantiu 8 lugares; o Partido Nacionalista Social Democrata e Trabalhista (SDLP) conseguiu 9,1% e 8 lugares; foram ainda eleitos 4 outros deputados.

Com a vitória do Sinn Féin, Michelle O’Neill candidata-se ao cargo de ministra-chefe, cargo que nunca foi ocupado por nenhum político nacionalista.

Com a vitória do Sinn Féin, Michelle O’Neill candidata-se ao cargo de ministra-chefe, cargo que nunca foi ocupado por nenhum político nacionalista.

Segundo a Lusa, Michelle O’ Neill afirmou “foi muito positivo, acho que fizemos uma campanha muito positiva", enquanto a presidente do Sinn Féin, Mary Lou McDonald, salientou que o partido venceu "as eleições mais importantes em uma geração".

Michelle O'Neill reafirmou que quer "trabalhar em cooperação” com as outras forças políticas, “para resolver problemas que afetam a cidadania, como "o custo de vida ou a saúde".

O Partido Unionista Democrático, maioritário nos últimos 20 anos, reafirmou que não fará parte de um governo de coligação se as conversas mantidas por Londres e Bruxelas não levarem à eliminação do protocolo do Brexit para a região .

Recorde-se que o Partido Unionista forçou a queda do governo em fevereiro último e que, segundo o acordo de paz da Sexta-feira Santa (1998), os cargos de ministro-chefe e de vice-ministro-chefe não existirão um sem o outro.

Michelle O’Neill: “pronta para pôr o Executivo a funcionar de imediato”

A líder do Sinn Féin na Irlanda do Norte, Michelle O’Neill, escreveu no twitter que foi uma “eleição histórica”, uma “mudança real” e que está “pronta para pôr o Executivo a funcionar de imediato”, para melhorar a vida das pessoas, investir no serviço de saúde e “construir um futuro melhor para toda a gente”.

Notícia atualizada no domingo, 8 de maio de 2022, às 14h25.

Termos relacionados Internacional
(...)