Está aqui

Primeiro-ministro bilionário perde eleições na República Checa

O partido de Andrej Babis perdeu por curta margem para uma coligação de conservadores e liberais. O resultado inesperado surge depois dos Pandora Papers revelarem os offshores utilizados por Babis.
A fortuna acumulada por Andrej Babis através da Agrofert está calculada em cerca de 3,4 mil milhões de dólares. Foto de Martin Divisek via EPA/Lusa.
A fortuna acumulada por Andrej Babis através da Agrofert está calculada em cerca de 3,4 mil milhões de dólares. Foto de Martin Divisek via EPA/Lusa.

As sondagens davam uma vitória folgada para a Aliança de Cidadãos Descontentes (ANO), um partido populista fundado por Andrej Babis em 2011 com um discurso anti-corrupção. No entanto, a publicação de informação dos Pandora Papers sobre a sua utilização de offshores, a escassos dias das eleições, poderá ter provocado um terramoto político na República Checa.

Primeiro-ministro desde 2017, Andrej Babis viu o seu partido alcançar apenas 27,1% dos votos, contra 27,8% dos votos da coligação de três partidos conservadores e liberais. Além disso, uma segunda coligação entre o Partido Pirata e o STAN, obteve 15,6% dos votos, ficando em terceiro lugar e colocando o partido de Babis em clara minoria parlamentar.

Petr Fiala, o líder do ODS (Partido Cívico) e da coligação Spolu (Juntos) deverá assumir o cargo de primeiro-ministro. “As duas coligações democráticas ganharam uma maioria e têm a possibilidade de formar um governo maioritário”, disse em reação aos resultados.

A coligação vencedora ganhou 71 assentos parlamentares, enquanto a segunda coligação ganhou 37 assentos, ganhando uma maioria confortável de 108 deputados. Babis perdeu seis deputados face aos resultados de 2017.

As duas coligações vencedoras foram criadas em reação ao governo de Babis e, este sábado, anunciaram um memorando onde concertam esforços para governarem juntos.

A campanha de Andrej Babis foi dominada por uma mensagem anti-imigração e anti-europeísta, apesar da empresa de Babis, a Agrofert, ter recebido milhões de euros em subsídios comunitários.

A fortuna que acumulou através da Agrofert permitiu-lhe adquirir três jornais diários, um semanário e e uma estação de rádio, garantindo-lhe uma plataforma mediática de apoio incondicional quando criou o ANO, em 2011.

Nas eleições de 2014, obteve 18,7% dos votos, sendo convidado para ministro das Finanças, cargo do qual viria a ser demitido em maio de 2017 por suspeitas de fraude fiscal e conflito de interesse com base nas quais o ministério público checo viria a recomendar a abertura de um processo contra Babis em abril de 2019.

Termos relacionados Pandora Papers, Internacional
(...)