Está aqui

População de lince ibérico supera os mil exemplares

Desde que existem os programas de monitorização, este é o número mais elevado de sempre. Em 2020 foram registados 1.111 exemplares em toda a Península Ibérica.
Lince ibérico - Foto de Carlos Octavio Uranga | Flickr

De acordo com a Lusa, que divulgou dados do Instituto da Conservação da Natureza e da Floresta (ICNF), Portugal tinha uma população de linces ibéricos estimada de 140 exemplares em 2020, o que representa 12,5% deste animal na Península Ibérica.

Segundo o Censo de Lince Ibérico, na Península Ibérica existem 1.111 exemplares no ano de 2020, isto é um aumento de 30%, pois em 2019 foram registados 855.

No documento pode ler-se que “pela primeira vez desde que existem dados quantificados sobre a população de lince ibérico, foi ultrapassado o número de 1.000 indivíduos registados, o que é um marco muito relevante no processo de recuperação desta espécie e melhoria do seu estado de conservação”.

Em 2020 foram registados 14 núcleos populacionais de linces, um dos quais no Vale do Guadiana. Em Portugal foram registados 140 indivíduos, na região espanhola de Andaluzia foram registados 506, em Castela La Mancha 327 e na Extremadura 141.

A ministra espanhola da Transição Ecológica considerou estes dados como um “passo muito importante” na recuperação da espécie. Este ministério, através dos Parques Nacionais Autónomos, gere dois dos quatro centros de reprodução existentes, o de Zarza de Granadilla (Extremadura) e El Acebuche (Andaluzia). Os restantes dois encontram-se em Andaluzia (Centro de Reprodução La Olivilla) e em Portugal (Centro Nacional de Criação do Lince Ibérico).

Termos relacionados Ambiente
(...)