Está aqui

Petição reclama nova versão portuguesa de "Soul"

A adaptação para português do filme de animação da Disney sobre a cultura musical e a comunidade afro-americana nos EUA não incluiu qualquer ator afro-descendente para dar voz aos personagens. 
"Este filme não é apenas mais um filme o que ele representa importa". 
"Este filme não é apenas mais um filme o que ele representa importa". Imagem via Disney media center.

Lançada este domingo por Ana Sofia Martins, Dino D'Santiago, Mamadou Ba, Mayra Andrade, Nástio Mosquito, Pedro Coquenão e Sara Tavares, a petição recebeu já mais de 13 mil assinaturas. 

Os peticionários relembram que o filme "começou a ser desenhado em 2016", com um processo "muito rigoroso na escolha de argumentistas, equipa técnica e, claro, dos atores que dariam vida a este filme assumido como um manifesto contra a iniquidade na indústria do entretenimento". 

No entanto, a Disney não manteve "o mesmo critério" na adaptação portuguesa, "ignorando a intenção original na escolha de atores exclusivamente afro-descendentes para dar voz aos personagens". 

E relembram que "não está em causa o habitual bom trabalho em dobragens feitas em Portugal ou a qualidade dos atores da versão Portuguesa", mas sim a expectativa quebrada de este "ser o primeiro filme de animação com um protagonista negro, interpretado por vozes negras". 

"O que foi um equívoco e descura na tradução para Portugal pode e deve ser reparado", afirmam. "A nossa história está cheia de factos consumados que não podemos reparar mas podemos aprender com eles, reconhecendo-os para podermos avançar". 

Por isso, reclamam "uma nova versão Portuguesa do filme Soul da Disney e Pixar, respeitando a intenção original e reconhecendo a importância história deste momento. Porque este filme não é apenas mais um filme o que ele representa importa". 

Termos relacionados Cultura
(...)