Está aqui

Mostra de São Paulo com mais de dez filmes portugueses

"A Noiva" de Sérgio Tréfaut, "Lobo e Cão" de Cláudia Varejão e "Distopia" de Tiago Afonso são algumas das obras portuguesas que vão estar em exibição da 46ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo.
Cartaz da 46ª edição da Mostra de Cinema de São Paulo

Entre os dias 20 de outubro e 2 de novembro, a cidade de São Paulo, no Brasil, vai receber a 46ª edição da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Serão apresentados 231 trabalhos oriundos de 60 países. 

De acordo com a organização, “a seleção faz um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial tem produzido, além de apresentar novas tendências, temáticas, narrativas e estéticas”. 

O cinema português estará representado por mais de uma dezena de trabalhos. Na secção “Perspetiva Internacional” serão exibidos os filmes “A Noiva” de Sérgio Tréfaut (um trabalho ficcionado sobre histórias verídicas de recrutamento de mulheres para o Estado Islâmico) e também “Lobo e Cão” de Cláudia Varejão, onde se abordam questões sobre identidade de género, a partir do contacto da realizadora com jovens nos Açores.

O documentário “Distopia” de Tiago Afonso, que retrata uma década de mudanças no Porto estará também em exibição. A ele juntam-se “Kinorama - Cinema Fora de Órbita” de Edgar Pêra e “Objetos de Luz” de Acácio de Almeida e Marie Carré.

Restos do Vento” de Tiago Guedes, “Campo de Sangue” de João Mário Grilo, “Nunca nada aconteceu” de Gonçalo Galvão Teles estão também em cartaz, bem como “Nação Valente” do luso-angolano Carlos Conceição, uma obra com a guerra colonial como pano de fundo. 

Na secção dedicada a novos realizadores serão exibidos “Índia” de Telmo Churro, “Alma Viva” da realizadora luso-francesa Cristèle Alves Meira, “Nayola” de José Miguel Ribeiro, “O natal de Bruno Aleixo” de João Moreira e “A Criança” de Marguerite de Hillerin e Félix Dutilloy-Liégeois.

Na secção brasileira da programação será exibida a obra “Paloma”, coproduzida em Portugal, um trabalho do realizador brasileiro Marcelo Gomes, inspirado em factos reais, sobre uma agricultora trans que quer casar com o namorado, servente de pedreiro.

O cartaz da 46ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo foi elaborado pelo “street artist” e muralista brasileiro Eduardo Kobra.

Termos relacionados Cultura
(...)