Está aqui

Moção de Catarina e Semedo vence Convenção; empate para a Mesa Nacional

Na Convenção mais participada e também mais disputada do Bloco de Esquerda, a moção política apoiada pelos coordenadores venceu por 8 votos; mas as listas U, encabeçada por João Semedo e Catarina Martins e E, liderada por Pedro Filipe Soares, para a Mesa Nacional empataram (259 votos cada uma).
Foto de Paulete Matos

A moção U – Moção Unitária em Construção, venceu, numa votação de braço no ar, a IX Convenção Nacional do Bloco de Esquerda, com 266 votos, mais oito que a E – Bloco Plural, Fator de Viragem, que obteve 258 votos. Em terceiro lugar ficou a lista B – Refundar o Bloco na Luta Contra a Austeridade, com 34 votos, a R – Reiventar o Bloco, em quarto com 30 votos e a A – “Uma Resposta de Esquerda – Por um Bloco que Responda já aos Problemas das Pessoas”, em quinto, com 7 votos.

Na votação, em urna, das listas para a Mesa Nacional, houve um inédito empate entre as moções U e E, ambas com 259 votos. A lista B teve 51 votos e a R 32, havendo ainda 14 abstenções. Para a Comissão de Direitos, a lista E foi a mais votada, com 258 votos, seguida da U (252), da B (50) e da R (40), havendo 2 brancos, 1 nulo, e igualmente 14 abstenções.  

A Mesa Nacional passa assim a ser composta por 34 eleitos da moção U, 34 eleitos da moção E, 7 da moção B, 4 da moção R. A Comissão de Direitos passa a ser composta por 3 eleitos da moção U, 3 da E e 1 da B.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados IX Convenção, Política
(...)