Eric Toussaint em Lisboa para conversa sobre livro "História Crítica do Banco Mundial

23 de maio 2023 - 21:49

Na próxima sexta-feira, dia 26, o fundador do Comité para a Abolição das Dívidas Ilegítimas estará na livraria Tigre de Papel, Rua de Arroios nº 25, às 18h30, para o lançamento de "História Crítica do Banco Mundial", livro que já se encontra traduzido em várias línguas.

PARTILHAR

De acordo com Eric Toussaint, a obra resulta de um trabalho iniciado em março de 2004, com uma primeira edição a ser lançada em francês em 2006. Seguiram-se traduções em inglês, castelhano, japonês, indonésio, árabe e português. Em espanhol, o livro contou com quatro edições diferentes, e em inglês com duas.

A edição que será apresentada sexta-feira na livraria Tigre de Papel, Rua de Arroios nº 25, às 18h30, é uma versão aumentada e atualizada da obra publicada em 2006. Conforme é sublinhado na página de internet do Comité para a Abolição das Dívidas Ilegítimas (CADTM), esta iniciativa dá-nos “uma oportunidade rara de conversar com o autor sobre o papel nefasto das instituições financeiras internacionais, as dívidas ilegítimas e o seu papel na subordinação política e económica dos povos de todo o mundo às grandes potências industrializadas”.

Toussaint consultou os documentos produzidos pelo próprio Banco Mundial, num total de pouco mais de quinze mil páginas, bem como numerosos relatórios e estudos realizados por outras instituições internacionais como o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e o Banco de Compensações Internacionais (BCI).

O fundador do CADTM refere que vários livros e estudos sobre o tema, provenientes de cerca de cinquenta autores diferentes, foram muito úteis para o seu trabalho.

"História Crítica do Banco Mundial" é dedicado “a todas e todos que lutam pela conquista da dignidade e da justiça social. Para aquelas e aqueles que enfrentam o Mediterrâneo, o Canal
da Mancha, o Rio Grande e todos os muros infames construídos por ordem dos governos dos países ricos que negam o direito de circular livremente”.

Recentemente, o livro foi disponibilizado em formato digital de acesso livre pelo CADTM, tendo o Esquerda.net publicado o prefácio de Michael Löwy, sociólogo e diretor emérito de pesquisas do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS – França).

Clique aqui para fazer o download do livro.

Termos relacionados: SociedadeBanco Mundial