Está aqui

Bloco de Coimbra contra "desmantelamento progressivo" do Hospital dos Covões

Em comunicado, a concelhia bloquista denuncia um “ambiente de ‘navegação à vista’" e a indefinição ligada à ausência de um plano de reconfiguração do centro hospitalar, que agora viu encerrar o serviço de Cardiologia e o Laboratório de Hemodinâmica.
Hospital dos Covões
Foto de Paulete Matos

A Comissão Coordenadora Concelhia de Coimbra do Bloco de Esquerda está preocupada com o futuro do Hospital dos Covões, devido a mais um serviço encerrado. Desta vez foi o serviço de Cardiologia e o Laboratório de Hemodinâmica, “na linha do consumado encerramento, há alguns meses, do Serviço de Pneumologia, em linha, aliás, com os tantos serviços e valências já encerrados nos últimos dez anos”, aponta a concelhia bloquista. 

“Convém acentuar que este encerramento ocorre na sequência do período de pandemia em que a assistência aos doentes do COVID 19 tem sido desenvolvida no Hospital dos Covões, que dispõe, reconhecidamente, de todas as respostas clínicas consideradas necessárias para esta missão” e num tempo em que todos os serviços clínicos de primeira linha do polo de Celas do CHUC “estão saturados”, acrescenta o Bloco/Coimbra.

O Bloco denuncia “este ambiente de ‘navegação à vista’ [ou não?], em que o ambiente de indefinição oficial e de ausência dum plano de reconfiguração do CHUC tem servido para medidas casuísticas do Conselho de Administração do CHUC e do seu presidente, visando, dentro duma orientação inconfessada, desmantelar o Hospital dos Covões e transformá-lo em “qualquer coisa” que, tirando eles, ninguém conhece.” 

Para terminar, o partido “exige o cabal e público esclarecimento deste assunto pelas entidades responsáveis, rejeita o desmantelamento progressivo a que o Hospital dos Covões tem estado sujeito, solidariza-se com os/as profissionais que ali trabalham e com a população que tem sido muito bem atendida nos seus serviços e junta a sua voz e a sua ação a todos/as que defendem uma estratégia de revalorização desta unidade hospitalar, a bem dum Serviço Nacional de Saúde, mais universal e mais eficiente.”

Termos relacionados #SomosTodosSNS, Política
(...)