Está aqui

Amazon tem lucro de 11,2 mil milhões em 2018 e fica livre de impostos

Este é o segundo ano consecutivo em que a gigante tecnológica não paga quaisquer impostos, mesmo tendo lucros de milhares de milhões. Para além da Amazon, também empresas como a Netflix, IBM ou Goodyear não pagaram impostos.
Amazon tem lucro de 11,2 mil milhões em 2018 e fica livre de impostos
Foto de Steve Jurvetson/WikiCommons.

A Amazon registou lucros de 11,2 mil milhões de dólares no ano de 2018 e, pelo segundo ano consecutivo, não irá pagar quaisquer impostos sobre este valor. A informação consta do relatório do Instituto de Tributação e Política Económica (IETP).

De acordo com o Dinheiro Vivo, a empresa tecnológica tem uma responsabilidade tributária de 21% graças a uma nova lei de cortes de impostos e empregos. Porém, devido à ajuda de incentivos fiscais, não irá pagar qualquer imposto sobre os lucros de 11,2 mil milhões.

“É difícil saber exatamente o que estão a fazer”, disse Steve Wamhoff, diretor de política tributária da IETP. “Nos documentos públicos, a Amazon não apresenta a sua estratégia tributária. Portanto, não está claro exatamente do que é que a empresa está a tirar partido. Falam vagamente em créditos fiscais”.

Já no ano de 2017 a gigante tecnológica não pagou quaisquer impostos sobre os lucros de 5,6 mil milhões de dólares.

Em comunicado, a empresa declarou que “a Amazon paga todos os impostos a que é obrigada a pagar nos EUA e em todos os país onde opera, incluindo o pagamento de 2,6 mil milhões em impostos corporativos e o registando 3,4 mil milhões em despesas com impostos nos últimos três anos”.

Donald Trump criticou publicamente a Amazon por não pagar quaisquer impostos, gerando um clima de tensão entre o presidente dos E.U.A. e o multibilionário Bezos. Porém, prontamente o Democrata Bernie Sanders lembrou que a política de Trump e do Partido Republicano têm criado as políticas que permitem à classe milionária a fuga aos impostos com lucros de milhões, bem como o facto de o próprio presidente ter um longo historial de fuga aos impostos.

Para além da Amazon, também a Netflix, a Delta, a IBM ou a Goodyear tiveram lucros de milhões e não pagaram quaisquer impostos.

Steve Wamhoff lembrou que as contas fiscais da empresa de Jeff Bezos são praticamente inexistentes. “ Estas empresas têm apresentado lucros constantemente. Deviam pagar impostos”, reforçou.

Termos relacionados Internacional
Comentários (1)