You are here

Maioria chumba pelo menos uma vez no 3º ciclo e secundário

Num dia em que se fala de “sucesso” e de médias de classificações de exames, os números também mostram que mais de 250 mil alunos reprovam nestas fases do ensino obrigatório.
Aluna numa escola. Foto de Paulete Matos.
Aluna numa escola. Foto de Paulete Matos.

250 mil alunos do 3º ciclo e ensino secundário chumbaram ou num dos anos letivos ou num dos exames nacionais. É o que diz o indicador do Ministério da Educação “Percursos Diretos de Sucesso”.

Contabilizando os alunos que deveriam ter concluído o ano passado estes níveis de ensino, percebe-se que apenas 44%, 201.937 em 456.368, o fizeram sem ter reprovado um ano ou ter tido negativa num dos exames.

A percentagem é ainda menor se apenas se contarem os alunos do secundário. Foram 74.337 em 180.317 aqueles que terminaram sem chumbar, 41,22%,

As contas feitas da Lusa indicam que houve, contudo, uma melhoria, uma vez que no ano anterior esta percentagem referente ao secundário tinha sido de 39%, segundo uma análise feita pela Lusa. No que diz respeito ao 3º ciclo, a mesma tendência: a percentagem de alunos que não chumbaram subiu de 44 para 46%. Isto quer dizer que dos 276.051 que se matricularam no 7.º ano no ano letivo de 2016/2017 só 127.600 concluíram o ciclo sem chumbar.

Por escola, fica-se a saber que apenas 102 escolas secundárias em 550 têm uma maioria de alunos que nunca ficaram retidos e que obtiveram positivas nos exames nacionais. E que, no 3.º ciclo, apenas 379 escolas em 759 estão nessas mesmas condições.

Termos relacionados Sociedade
(...)