You are here

Assembleia municipal do Porto aprova instalação de salas de consumo assistido na cidade

O Porto irá ter salas de consumo assistido. Esta segunda-feira, a assembleia municipal aprovou oito propostas de recomendação que defendem a instalação destas salas como medida de redução de riscos e minimização de danos decorrentes do consumo de drogas.
Fotografia: commons/wikimedia.org
Fotografia: commons/wikimedia.org

Os partidos votaram por unanimidade as propostas para criar salas de consumo assistido. Apresentadas pelos grupos municipais do PS, PSD, CDU, PAN, BE e Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido, as propostas surgiam na sequência da discussão do relatório da Comissão de Acompanhamento da Toxicodependência, maioritário na necessidade de criar as estruturas.

Segundo Paula Ribeiro de Faria, 1.ª secretária da Mesa da Assembleia Municipal, apenas um dos peritos ouvidos no âmbito da comissão esteve reticente, achando que, antes desta solução, deveria reforçar-se o apoio na zona oriental da cidade. Contudo, a maioria entendeu que a estrutura devia ser criada de base, sendo articulada com as estruturas já existentes.

O Bloco apresentou três recomendações, duas das quais aprovadas por unanimidade – a recomendação pela consolidação das respostas da Câmara do Porto e uma moção em que se recomenda “apelar ao Ministério da saúde, ao SICAD e à ARS Norte, a máxima celeridade na disponibilização do financiamento necessário para a implementação dos projetos de salas de consumo protegido na cidade”.

Termos relacionados Política
(...)