Está aqui

Presidenciais: PCP deve apresentar candidato, mas admite desistir

Octávio TeixeiraEm entrevista à Visão, Octávio Teixeira critica Alegre por ter se ligado ao Bloco de Esquerda, mas admite "engolir sapos".

O ex-líder parlamentar do PCP Octávio Teixeira criticou Manuel Alegre numa entrevista à revista Visão desta semana. Teixeira defende um acordo da esquerda para derrotar Cavaco Silva, mas considera que esse acordo não deve ser em torno de Alegre. "Não me parece que ele seja capaz de suscitar apoios generalizados à esquerda", afirma.

Para o dirigente comunista, "o PCP não pode ignorar o que se passou nos últimos dois anos, com as ligações públicas de Alegre ao Bloco de Esquerda e as participações conjuntas em fóruns, em que o PCP foi totalmente ignorado. Um candidato que quer congregar a esquerda não pode esperar apoio desse partido."

Mas questionado sobre o que fará o PCP se o apoio do PS a Alegre se confirmar, Octávio Teixeira afirma que é natural que o partido apresente candidato. "Mas se o quadro for o de uma decisão logo na primeira volta, o PCP terá de ponderar, como, aliás sempre fez. Nunca prejudicámos a esquerda numas presidenciais. Nós, membros do PCP nunca nos esqueceremos de que tivemos de engolir o sapo [apoio dado a Mário Soares em 1986]. E todos engolimos o sapo. Uma garantia tenho: se for absolutamente necessário o apoio do PCP para a eleição de um candidato de esquerda, de certeza que o PCP não deixará de o dar."

Octávio Teixeira termina a entrevista garantindo que não é candidato.

{easycomments}

Termos relacionados Política