Está aqui

Jorge Costa

Deputado e dirigente do Bloco de Esquerda. Jornalista.

Artigos do Autor(a)

12 de Novembro, 2020 - 18:06h

Na semana em que perdeu Trump, o trumpismo deu um aliado a Rui Rio. Quando se abre a porta à extrema-direita racista, uma das vítimas costuma ser o porteiro.

10 de Julho, 2020 - 16:17h

A Diretiva europeia para o audiovisual visa obrigar as plataformas de conteúdos online ao financiamento do investimento público em produção cinematográfica e à produção local de conteúdos. Mas o governo português fica muito longe do que outros países exigem a estas multinacionais em crescimento acelerado. Artigo de Jorge Costa.

22 de Junho, 2020 - 15:32h

Sempre que fala da manifestação que convocou para sábado, o deputado do Chega recebe uma enxurrada de apupos dos seus próprios apoiantes.

22 de Junho, 2020 - 12:00h

Depois de arrestadas as ações de Isabel dos Santos, o plano de substituição como acionista caducou por falta de acordo entre bancos credores. Os mesmos que invocam essa rutura para continuarem a bloquear financiamentos à empresa. Por Jorge Costa.

10 de Abril, 2020 - 17:59h

A crise económica e a queda da publicidade pode silenciar boa parte da comunicação social. O Estado deve lançar apoios de emergência, sob um critério claro: proteger a produção jornalística. O Bloco faz a sua proposta.

22 de Janeiro, 2020 - 14:32h

Além de mobilizar redes de influência, a contratação de ex-governantes portugueses permitiu ao regime de Luanda exibir as credenciais de responsáveis democráticos de Portugal. Não foram só advogados e consultores a apoiar e beneficiar do roubo sistemático do povo de Angola. Artigo de Jorge Costa.

21 de Dezembro, 2019 - 16:06h

O governo deixa à Comissão Europeia uma decisão essencial do Orçamento. E mesmo que passe, esta redução do IVA pode deixar de fora quase metade dos consumidores.

19 de Dezembro, 2019 - 16:39h

A autonomia da RTP só é possível se estiver garantida a responsabilização de quem a detém, o Estado.

5 de Dezembro, 2019 - 23:30h

Para proteger a informação enquanto bem comum, precisamos de políticas públicas que deem condições de sobrevivência ao jornalismo.

21 de Setembro, 2019 - 21:01h

O inquérito parlamentar confirmou que as rendas excessivas são o outro nome da privatização da energia. Face a abusos com sérias consequências futuras, o governo garante que não aplicará as medidas que o próprio PS aprovou. Fala mais alto a proteção dos privilégios das eólicas e dos lucros a carvão da EDP. Enquanto isso, chega o tempo do desmantelamento desta empresa enquanto produtora em Portugal. A privatização cumpre a sua sina.

Páginas