Está aqui

Bruno Góis

Investigador. Mestre em Relações Internacionais. Doutorando em Antropologia. Ativista do coletivo feminista Por Todas Nós. Dirigente do Bloco de Esquerda.

Artigos do Autor(a)

25 de Setembro, 2022 - 11:08h

Quão positivo é para a história (e autoconsciência) da classe trabalhadora que pensadores e ativistas negros tenham contribuído para o estudo da branquitude? O capitalismo imperialista, patriarcal e racista é que nos quer divididos.

8 de Julho, 2022 - 12:11h

Jovens de vários países têm assumido a luta das sextas-feiras pelo futuro, a greve climática estudantil. É certo que, com a pandemia global e com uma guerra na Europa, essas lutas perderam ritmo. Mas as sextas-feiras pelo futuro podem ser reinventadas.

12 de Junho, 2022 - 23:00h

Enquanto alguns setores da burguesia aceitam ensaiar nos seus próprios termos a semana dos quatro dias em alguns setores, o campo de quem trabalha e luta por um mundo novo deve fazer a sua própria história e reivindicar a sexta-feira como recuo da exploração do trabalho.

10 de Maio, 2022 - 22:43h

Os povos da Europa estão à mercê das potências que a disputam e repartem. A nossa segurança e a nossa liberdade precisam de um espaço de paz e desenvolvimento, com padrões elevados de direitos do trabalho, com justiça social e climática.

17 de Março, 2022 - 17:03h

Condenar a invasão russa é evidente para quem reconhece a causa da emancipação nacional e vê na Federação Russa uma potência imperialista. Quem, perante a invasão russa, tem mais pressa em condenar outras potências imperialistas está a desconversar.

23 de Julho, 2020 - 22:01h

Quando existam processos de violência doméstica, os processos de regulação parental não lhes podem ser indiferentes. A proposta já foi feita e chumbada uma e outra vez. Do que é que estamos à espera para reconhecer as crianças como vítimas?

28 de Abril, 2020 - 12:48h

As portuguesas e os portugueses negros continuam a ter escolas, empregos e casas piores. Fazem maioritariamente parte dos trabalhadores mais pobres e é preciso assumir e atacar esse problema. Artigo de Bruno Góis, publicado na revista Esquerda.

16 de Outubro, 2017 - 14:04h

A partir da passada sexta-feira, 13 de outubro, as mulheres deviam poder entrar de férias até ao fim do ano.

5 de Maio, 2017 - 20:51h

The agreement of parliamentary majority between the Socialist Party and the left parties, signed after the 2015 election is not only unprecedented in the Portuguese democracy but arose from unique conditions as well. By Bruno Góis.

9 de Março, 2017 - 16:40h

Há quem considere que a paridade “menoriza as mulheres”. O que as menoriza é uma sociedade que impede mulheres qualificadas de darem o seu melhor, de ascenderem ao topo por uma mera questão de género.

Páginas