Está aqui

Universidade do Porto promove conferência com negacionistas das alterações climáticas

Faculdade de Letras da Universidade do Porto vai acolher um encontro internacional de militantes que contestam a ideia que o aquecimento global seja provocado por ação humana. Geógrafa portuguesa diz que objetivo é furar “censura” de que os negacionistas são alvo.
Na fotografia: Christopher Monckton, apoiante de Trump, ex-conselheiro de Margaret Thatcher e membro do lóbi norte-americano anti-alterações climáticas The Heartland Institute, ligado à extrema-direita do Partido Republicano.

A Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) vai ser palco de uma conferência, entre os dias 7 e 8 de setembro, organizada pelo autointitulado «Comité Independente de Geoética» que se propõe “desconstruir algumas ideias sobre alterações climáticas”. Entenda-se contestar a ideia de que o aquecimento global seja provocado por ação humana.

Segundo o Diário de Notícias, dos painéis da conferência farão parte oradores que defendem que a “subida da temperatura se deve ao aumento da atividade solar”, que negam a “subida do nível médio dos oceanos” ou a “influência antropogénica no clima”.

Para a geógrafa Maria Assunção Araújo, professora da FLUP e uma das principais promotoras desta iniciativa, as sessões serão dinamizadas por “pessoas cientificamente muito válidas” que pretendem desconstruir a “ideia alarmista” das alterações climáticas.

Ainda segundo esta docente universitária, os negacionistas das alterações climáticas são frequentemente alvo de “censura”, sendo um dos objetivos desta iniciativa furar quem contesta este alargado consenso científico mundial.

Para o painel estão já anunciados nomes como Christopher Monckton, apoiante de Trump, ex-conselheiro de Margaret Thatcher e membro do lóbi norte-americano anti-alterações climáticas The Heartland Institute, ligado à extrema-direita do Partido Republicano, Anton Uriarte, geógrafo espanhol e militante negacionista, ou o sueco Nils-Axel Morner que se tem destacado por se opor frontalmente aos objetivos do Acordo do Clima de Paris.

Termos relacionados Ambiente
Comentários (3)