Está aqui

Sessão pública Esquerda contra a austeridade a 30 de maio

No próximo dia 30 de maio a partir das 21 horas, vai realizar-se na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa a Sessão Pública Esquerda contra a Austeridade, que será presidida pelo reitor da Universidade de Lisboa e que terá ainda como oradores, Mário Soares, Rosário Gama e representantes de PS, PCP e Bloco de Esquerda.
A Sessão Pública Esquerda contra a Austeridade terá lugar na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa no próximo dia 30 de maio a partir das 21 horas – Foto da Aula Magna, Congresso Democrático das Alternativas

Em declarações à Lusa, o ex-deputado do PS Vítor Ramalho afirmou: "É uma tomada de posição contra a política de austeridade seguida em Portugal e na Europa. Vamos exigir a inversão do atual rumo e o fim desta política inaceitável de cortes em cima de cortes".

Vítor Ramalho disse ainda que a sessão pública durará cerca de três horas "e esgotar-se-á em si mesma", não sendo intenção dos organizadores dar-lhe qualquer continuidade em termos políticos.

A Sessão Pública será presidida pelo reitor da Universidade de Lisboa, António Sampaio da Nóvoa, e terá seis oradores, intervindo além de António Nóvoa também Mário Soares e Maria do Rosário Gama (presidente da Associação de Pensionistas e Reformados – APRE!). "Os outros três oradores serão personalidades identificadas com o PS, PCP e Bloco de Esquerda, mas que discursarão de forma livre e não em representação formal dos respetivos partidos", disse Vítor Ramalho à Lusa.

Entre os promotores da Sessão Pública estão os líderes da CGTP, Arménio Carlos, e da UGT, Carlos Silva, o professor universitário Boaventura Sousa Santos, Pilar del Rio, presidente da Fundação José Saramago, Manuel Alegre, José Pacheco Pereira, Alberto Costa e Vítor Ramalho.

Artigo atualizado às 17 horas de 23 de maio

Termos relacionados Política
Comentários (2)