Está aqui

RTP: Carta Aberta ao governo contra precariedade

Vários sindicatos e a Comissão de Trabalhadores da RTP enviaram uma carta aberta ao governo protestando sobre a situação dos trabalhadores precários.
Logótipo antigo da RTP

A carta aberta enviada pelos sindicatos e Comissão de Trabalhadores da RTP ao governo considera que existe “um ambiente de crescente insatisfação e injustiça entre os trabalhadores, precários e do quadro”. Os trabalhadores sublinham a ausência de respostas sobre descongelamento e progressão na carreira e o incumprimento da Administração da RTP relativamente às decisões resultantes de uma inspeção da Autoridade para as Condições de Trabalho.

Para além de questionarem o governo sobre estas situações, os trabalhadores perguntam ainda se o governo autorizou o Conselho de Administração a fazer contratações externas.

Recorde-se que os trabalhadores precários da RTP protestaram no passado dia 5 de Novembro sobre o atraso nas integrações nos quadros da empresa ao abrigo do PREVPAP e que a Comissão de Trabalhadores e o Sindicato de Jornalistas tinham contestado na semana passada as “contratações de luxo” de trabalhadores externos para a Direção de Informação.

Esta carta aberta reúne as subscrições do Sindicato dos Jornalistas, do Sindicato dos Trabalhadores das Telecomunicações e Audiovisual, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores das Telecomunicações e Audiovisual, do Sindicato das Comunicações de Portugal, do Sindicato Independente dos Trabalhadores da Informação e Comunicações e da Comissão de Trabalhadores da RTP.

Termos relacionados Sociedade
(...)