Está aqui

Roteiro em Defesa do Serviço Nacional de Saúde

O Bloco de Esquerda vai promover um conjunto de sessões e iniciativas em Defesa do SNS. Nesta sexta-feira, realiza-se uma sessão em Torres Novas (às 21h na Praça do Peixe).

O Bloco quer juntar forças em defesa do Serviço Nacional de Saúde. No dia 23 de fevereiro iniciou uma série de sessões e de iniciativas em torno das temáticas da Saúde. No dia 14 de abril, promoverá uma conferência nacional em Lisboa e até lá dirigentes e deputados irão percorrer o país, visitando as unidades de saúde, ouvindo os utentes e os profissionais, e divulgando as suas propostas para um melhor SNS.

O Bloco critica o Governo do PS por se mostrar “manifestamente insuficiente para a concretização destas tarefas”, por manter “a subordinação dos serviços públicos às metas do défice” e o “subfinanciamento crónico” do SNS e por “não ter coragem de atacar os negócios privados e os interesses instalados na Saúde”, permitindo “a fuga de milhares de milhões de euros do orçamento do SNS diretamente para os bolsos dos privados”.

O Bloco critica também o facto de a despesa com as PPP continuar a subir e de a opção governamental ser a renovação das parcerias ruinosas; de subsistir a falta de profissionais, “mas os concursos para contratação de médicos recém especialistas atrasam-se durante meses”; de apesar de os equipamentos estarem obsoletos, não haver investimento capaz de repor a capacidade de resposta do SNS; de os hospitais terem dificuldade em responder a picos de procura, mas em que “o Governo não autoriza a contratação de mais pessoal”.

O Bloco defende outra orientação para a política de Saúde, com um caminho de investimento e de reforço do SNS, de valorização dos profissionais de saúde e de melhoramento da qualidade dos cuidados prestados à população.

O partido sublinha que tem apresentado inúmeras propostas neste sentido e levará a debate a revisão da Lei de Bases, para uma verdadeira separação entre o público e o privado e para romper com o negócio instituído em que o dinheiro público financia o privado à custa do Orçamento do SNS.

O Serviço Nacional de Saúde é uma das conquistas mais estruturantes da sociedade portuguesa e precisa de uma mobilização social em sua defesa. Eis o calendário das sessões:

Roteiro em Defesa do SNS

2 de março | Torres Novas
Sessão A Saúde a que temos Direito
Às 21h00, na Praça do Peixe, em Torres Novas
Com: José Sampaio (pediatra e ex-diretor clínico do hospital de Torres Novas), Carlos Matias e Moisés Ferreira

3 de março | Vila Real
Sessão Refundar o SNS Público e Gratuito
Às 16h00, no Auditório da Unidade Hospitalar de Vila Real
Com: Catarina Peniche (psicóloga clínica), Florentino Silva (enfermeiro), Moisés Ferreira

5 de março | Coimbra
Roteiro em defesa do SNS em Coimbra
10h: reunião com a Secção Centro da Ordem dos Médicos; 14h30: visita ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; 16h30: visita à Unidade de Saúde Familiar Serra da Lousã

12 de março | Beja
Roteiro em defesa do SNS em Beja
10h30: visita à Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo; 15h00: visita ao Centro de Saúde Beja 2; 16h30: visita ao Centro de Saúde Beja 1
Debate para a Refundação do SNS
Às 18h30, na Secção Regional de Beja da Ordem dos Médicos
Com (a definir)

16 de março | Algarve
Sessão em Defesa do Serviço Nacional de Saúde
Às 21h00, em Faro

19 de março | Setúbal
Às 15h: visita ao ACES Arrábida, Setúbal
Sessão: (a definir)

24 de março | Viseu
Programa (a definir)

26 de março | Salvaterra, Rio Maior, Tomar
Roteiro em Defesa do SNS:
15h30: Hospital de Tomar; (a confirmar)

07 de abril | Guarda e Bragança
Roteiro em Defesa do SNS
Programa (a definir)

09 de abril | Porto
Programa (a definir)

14 de abril | Lisboa
Programa (a definir)

Já foi realizada uma Sessão em Defesa do Serviço Nacional de Saúde, no dia 23 de fevereiro no distrito de Aveiro. No Auditório da Junta de Freguesia de Santa Maria da Feira, com: Fernanda Lopes (enfermeira); Célia Rodrigues (fisioterapeuta); Moisés Ferreira (deputado) e Catarina Martins (coordenadora do Bloco).

Termos relacionados Política
(...)