Está aqui

Ricciardi ataca Mariana Mortágua, dizendo que “devia desaparecer de vez”

Nas redes sociais, Mariana Mortágua respondeu ao banqueiro José Maria Ricciardi com os elementos da acusação que o implicam no recebimento de centenas de milhares de euros de uma offshore do GES, omitindo-os quer aos acionistas quer à supervisão.
Banqueiro Ricciardi ataca desabridamente Mariana Mortágua
Banqueiro Ricciardi ataca desabridamente Mariana Mortágua

Entrevistado pela SIC Notícias (vídeo aqui) sobre o caso BES, o banqueiro aproveitou a entrevista para lançar um ataque à deputada e às suas importantes denúncias.

A jornalista perguntou a José Maria Ricciardi, ex-presidente do Banco Espírito Santo de Investimento (BESI): “Não acha que as pessoas podem estranhar o facto de ter estado no centro da decisão, ser membro da família, ter assento no Conselho Superior do GES e não ter sido responsabilizado por nenhuma das situações, agora imputadas a Ricardo Salgado e dois primos?”

Ricciardi diz que não acha estranho, justifica dizendo que “este tipo de crimes são cometidos de uma forma sofisticada e no exterior”, acrescenta que as entidades que têm capacidade de investigação demoraram seis anos a investigar e passou a um ataque enfurecido à deputada bloquista.

Vejamos, a propósito, o que Mariana Mortágua denunciou (ver twitter: https://twitter.com/MRMortagua/status/1284072197297000449 )

"A ESPÍRITO SANTO INTERNATIONAL (BVI), SA foi constituída em 18.11.93, nas Ilhas Virgens Britânicas (BVI), com o n.º 100633 e sede em Tortola, BVI, nos escritórios da TRIDENT TRUST COMPANY (BVI) LIMITED." (1/13)

"Teve como agente, para receção de documentos e tratamento administrativo, a sociedade de advogados do Panamá, MOSSACK FONSECA & CO." (2/13)

"No dia 25.10.2012, José Castella enviou correio eletrónico a Marianne Treboux com a indicação das transferências a realizar pela ESI BVI, no valor de 1.075.000€: 125.000€ para José Maria RIcciardi; (3/13)

"No dia 13.08.2013, José Castella enviou correio eletrónico a Marianne Treboux com as coordenadas bancárias das contas de destino de transferências da ESI BVI: José Maria Ricciardi: 112.500€, por “stake”2012." (4/13)

"Entre 31.10.2012 e até junho de 2014, José Maria Ricciardi, também nomeado membro do CS do GES, no dia 21.06.2011, recebeu 237.500€ da ESI BVI, por conta dos valores alocados pelo CS ao ramo Ricciardi." (5/13)

"RICARDO SALGADO, JOSÉ MANUEL ESPÍRITO SANTO, MANUEL FERNANDO ESPÍRITO SANTO e José Maria Ricciardi omitiram a existência destes pagamentos
aos órgãos de governo interno do BES (6/13) “como COMISSÃO DE VENCIMENTOS, COMISSÃO CONSULTIVA DE REMUNERAÇÕES, COMISSÃO DE AUDITORIA, CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, compliance, bem como a auditores externos e à supervisão.” (7/13)

Apesar de terem conhecimento de que tal lhes era imposto pelas normas legais e regulamentares a que foi feita referência supra.” (8/13)

Esta realidade foi ocultada nos relatórios de atividade do BES,divulgados ao mercado e de acionistas, informação particularmt relevante, pq decidiam, em conflito d interesse,o envolvimento do GES financeiro e seus clientes c as unidades da área ñ financeira..através da ESI BVI (9/13)

Entre 2009 e junho de 2014, exerceram funções executivas no BES, RICARDO SALGADO (presidente), JOSÉ MANUEL ESPÍRITO SANTO, António Souto, Jorge Carvalho Martins, José Maria Ricciardi, Rui Silveira, Joaquim Goes, AMÍLCAR PIRES e João Freixa” (10/13)

Para os mandatos em questão… José Maria Ricciardi assumiu, entre outras funções, a responsabilidade pelo comité de estratégia e coordenação internacional, pelo DRG -Departamento de Risco Global (função partilhada com Joaquim Goes a partir de 2012), funções no CDFC e no comité de risco.. (11/13)

No dia 21.12.2011, a assembleia geral extraordinária da ESI, para além dos demais já designados a essa data, nomeou como administradores José Maria Ricciardi e Pedro Amaral, com efeitos reportados a 07.11.2011.(12/13)

Com data de 10.02.2014, José Maria Ricciardi entregou o pedido de suspensão imediata das suas funções do CA. (13/13)

Termos relacionados Política
(...)