Está aqui

Presidente angolano encontrou-se com sociedade civil, Rafael Marques ficou à porta

O ato pretendia ter o simbolismo da abertura política. João Lourenço está apostado em marcar a diferença relativamente a Eduardo dos Santos. Rafael Marques foi convidado, desconvidado e depois re-convidado.

O presidente angolano, João Lourenço, promoveu esta terça-feira uma iniciativa de auscultação à “sociedade civil”. Luaty Beirão e Rafael Marques, entre outros líderes de ONGs e associações cívicas estavam convidados para este encontro, o que foi publicitado através de um comunicado de imprensa da presidência da República. Só que a sua presença foi barrada à entrada do palácio presidencial por alegadamente “não constar da lista de convidados”.

Depois de escrever um protesto no seu facebook, Rafael Marques foi convidado para uma outra audiência privada a acontecer nesta quarta-feira. O diretor de gabinete do presidente lamentou o sucedido.

Para cima da mesa deste encontro, Rafael Marques promete trazer todas as notas que com ele foram sendo partilhadas consigo "sobre as principais preocupações do nosso povo."

Já Luaty Beirão esteve no encontro mas não prestou declarações à imprensa. Este ativista angolano comprometeu-se a falar apenas depois de terminado o prazo dado pelo governo para o repatriamento de capitais de várias figuras angolanas. Este prazo termina a 26 de Dezembro.

Termos relacionados Internacional
(...)