Está aqui

Precários do Estado concentram-se a 7 de abril em frente ao Ministério do Trabalho

O encontro de precários do Estado, realizado este sábado, dia 17 de março, em Lisboa, decidiu convocar uma concentração “para exigir ao Governo que assuma as suas responsabilidades na concretização do programa de regularização”.
Foto de capa do evento de facebook que convoca a concentração dos precários do Estado.

De acordo com a plataforma Precários do Estado, o encontro “debateu a situação atual na aplicação do programa de regularização, com particular atenção aos vários problemas e bloqueios à sua concretização”.

“Foram vários os relatos e os casos concretos que demonstram que é necessária a nossa mobilização e a responsabilização do Governo”, escrevem os ativistas, apelando "à mobilização de todos os colegas e de todas as pessoas que partilham a exigência de acabar com a precariedade no Estado", para uma concentração no próximo dia 7 de abril, a partir das 15h, em frente ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

“Estaremos em frente ao Ministério do Trabalho, que tem particulares responsabilidades neste processo e onde funciona também a coordenação das comissões de avaliação, para deixar uma mensagem clara a todo o Governo. Ninguém fica para trás!”, lê-se no comunicado.

“O atraso no programa, a falta de garantias de protecção de quem aguarda a regularização, as tentativas de boicote por parte dos dirigentes, a tímida aplicação nas autarquias até ao momento ou a falta de transparência do processo: em todos estes problemas, é o Governo que tem a responsabilidade de garantir que se cumpre o objectivo do programa, com a regularização de todas as situações de precariedade no Estado”, vinca a plataforma.

Termos relacionados PREVPAP, Sociedade
(...)