Está aqui

Pawel Adamowicz (1965-2019)

O presidente da câmara de Gdansk, que tinha sido esfaqueado, morreu esta segunda-feira. Assassinato parece ter tido motivações políticas.
Fotografia: Twitter/adamowiczpawel
Fotografia: Twitter/adamowiczpawel

Adamowicz foi esfaqueado no peito este domingo, enquanto participava num concerto cujas receitas iriam reverter para uma campanha de solidariedade. Acabou por morrer posteriormente, no hospital.

O atacante, com registo criminal, já foi detido. A televisão polaca relatou que o homem gritou que esteve injustamento preso devido a uma ordem da Plataforma Cívica, partido do autarca, que esteve no governo entre 2007 e 2015.

Adamowicz era um autarca popular, que, no cargo desde 1998, foi eleito com 65% dos votos nas últimas eleições. Para mais, era há muito considerado um alvo dos gurpos de direita radical, já que defendia imigrantes, refugiados e direitos LGBT. Na sua atividade de autarca, destacou-se pelas iniciativas que promoveu de encorajamento aos imigrantes para procurarem refúgio em Gdansk.

Termos relacionados Internacional
(...)