Está aqui

FAPAS apela à participação dos ambientalistas nos órgãos de cogestão de Áreas Protegidas

Está aberto até 30 de outubro de 2020 o processo de seleção de representantes das Associações de Defesa do Ambiente nos órgãos de cogestão de todas as Áreas Protegidas nacionais. Artigo publicado em Interior do Avesso
Serra da Estrela
Serra da Estrela - Foto de António da Silva Martins | Flickr

A Associação Portuguesa para a Conservação da Biodiversidade - FAPAS lança o aviso: “são muitos os lugares (não remunerados) nas Comissões de Cogestão e nos Conselhos Estratégicos e há dificuldade em preenchê-los todos”, insistindo que é “um dever cívico dos ambientalistas colaborarem neste processo e oferecerem-se para os lugares que a lei lhes destinou”. Se tal não acontecer avisam, podem ser acusados de “falta de participação na Gestão das Áreas Protegidas”.

Está aberto o processo (até 30 de outubro de 2020) de seleção de representantes das Associações de Defesa do Ambiente...

Publicado por FAPAS - Associação Portuguesa para a Conservação da Biodiversidade em Sábado, 26 de setembro de 2020

Esclarecem ainda que pretendem apresentar várias candidaturas e apela a voluntários que “se sintam capazes de assegurar essa representação em alguma(s) Áreas Protegidas”. Informam que estes voluntários “não têm de ser associados da FAPAS” e pedem para entrar em contacto através do email fapas@fapas.pt.

Artigo publicado em Interior do Avesso

Termos relacionados Ambiente
(...)