Está aqui

Estados Unidos compram meio milhão de testes ao covid-19 a empresa italiana

A Copan Diagnostic está sediada em Brescia numa das zonas mais afetadas pelo surto do novo coronavírus. Tinha meio milhão de testes prontos a serem utilizados, os suficientes para cobrir todo o norte de Itália. Mas vendeu-os para os EUA. A Itália é agora o ponto do mundo mais afetado pelo covid-19 com 627 mortes num só dia.
Teste ao covid-19 num laboratório público na Pennsylvania. Marços de 2020. Foto de Governor Tom Wolf/Flickr
Teste ao covid-19 num laboratório público na Pennsylvania. Marços de 2020. Foto de Governor Tom Wolf/Flickr

Segundo avançou o jornal italiano La Repubblica, a empresa italiana Copan Diagnostic vendeu meio milhão de testes ao covid-19 para os Estados Unidos. Uma quantidade suficiente para suprir as necessidades de todo o norte de Itália, a região mais afetada pelo surto. A própria empresa está sediada em Brescia, uma cidade da Lombardia altamente fustigada pela doença.

Estes testes foram transportados num avião militar norte-americano, apesar da empresa em causa alegar que não foram vendidos ao governo mas a privados. O transporte do material foi confirmado por um porta-voz do Pentágono, Jonathan Hoffman

Por sua vez, o Estado italiano não teve qualquer conhecimento da transação, feita numa altura crítica em que faltam testes no país.

Segundo o La Reppublica este meio milhão de testes estava em armazém, antes de ser vendido. E o número contrasta com o de testes produzidos no país desde o início da crise sanitária: apenas 10mil.

A notícia chega num momento em que a Itália se tornou no país mais afetado. Esta sexta-feira, as autoridades italianas anunciaram que, nas últimas 24 horas, houve 627 mortes, elevando o total de óbitos na Itália para 4032, tendo sido detetados 47.021 casos positivos.

Termos relacionados Covid-19, Internacional
(...)