Está aqui

Entre a ecologia ou a jardinagem, o debate entre Bloco e PAN nas redes sociais

O debate entre Catarina Martins e Inês de Sousa Real, esta segunda-feira na RTP3, definiu-se pela ambiguidade do PAN face a propostas de políticas públicas à esquerda. 
Imagem de Francisco Romão Pereira, Lusa.

No debate entre Catarina Martins e Inês Corte-Real, esta segunda-feira na RTP3, seja sobre as respostas à emergência climática, as políticas para o emprego ou a política de alianças, o PAN não mostrou qualquer aproximação a políticas à esquerda.

No Twitter, Paulo Pedroso salienta a clarificação: “estamos em emergência climática, concordam Bloco de Esquerda e PAN, divididos em quase tudo: na leitura sobre o Partido Socialista, na abertura a dialogar com o PSD, na introdução de taxas de carbono e até no RBI. Este debate deu uma checklist que ajuda indecisos”.

O ativista pelos direitos humanos e membro da Sea-Watch, Miguel Duarte, comentou antes do debate a disponibilidade do PAN para alianças à direita.

“Acho que a melhor contribuição que o PAN dá aos debates é que, por ter reputação de partido verde, faz com que se fale de alterações climáticas. Mas é tão grave que não reconheça a incompatibilidade intrínseca entre ecologia e políticas de direita”.

Já Miguel Cardina considera desconcertante as contradições do PAN: “Desconcerta ouvir Inês Sousa Real afirmar que o PAN é um partido "progressista". Não só porque a expressão se associa à história da esquerda (e o PAN é "nem de esquerda nem de direita"). Mas sobretudo porque um traço marcante da ecologia está na crítica da ideia moderna de "progresso".

Por seu lado, o jornalista Miguel Prado realça a proposta do Bloco de Esquerda para produção fotovoltaica: «“Se investirmos €450 milhões em produção fotovoltaica nos edifícios públicos conseguimos ter 500MW e ao 6.º ano conseguimos recuperar todo o investimento porque conseguimos reduzir os custos de energia em €80 milhões ao ano”. Catarina Martins a trazer [o tema da] energia às Legislativas».

Por fim, Rita Nóbrega Gomes destaca a clarificação sobre o que é ecologia: “Catarina Martins a deixar claro porque é que ecologia sem consciência de classe é jardinagem”.

 

Termos relacionados Legislativas 2022, Política
(...)