Está aqui

Comissões de bancos arrecadam 8,8 milhões de euros por dia

Entre 2007 e o primeiro semestre de 2019 os bancos em Portugal cobraram, em média, 8,8 milhões de euros por dia em comissões bancárias.
Comissões de bancos arrecadam 8,8 milhões de euros por dia
Foto de Paulete Matos.

Foram 40,3 mil milhões de euros cobrados pela banca em Portugal em comissões entre os períodos de 2007 ao primeiro semestre de 2019. Ou seja, em média foram 8,8 milhões por dia, lê-se em notícia publicada hoje pelo Jornal de Notícias em análise de dados do Banco de Portugal. Como termo de comparação, 40,3 mil milhões de euros é equivalente a 50% do empréstimo da troika a Portugal.

Para os representantes da banca, esta situação justifica-se com a descida das margens financeiras em consequência da baixa das taxas de juros. Apesar dos despedimentos de trabalhadores e o encerramento de balcões, consideraram ser necessário aumentar as taxas cobras por produtos e serviços.

Em declarações ao jornal, a Associação Portuguesa de Bancos afirma que estes valores se justificam pelo baixo custo do dinheiro, fato que pressiona a margem financeira – ou seja, a diferença entre o que o banco paga em juros e aquilo que ganha em juros cobrados aos clientes.

"No atual contexto de taxas de juro negativas, em que a margem financeira se encontra muito pressionada, é inevitável que os bancos tenham que recorrer a fontes complementares de receita, como as comissões, absolutamente legítimas na atividade bancária, uma atividade económica e concorrencial como as outras e não um serviço público", refere a Associação Portuguesa de Bancos em declarações ao Jornal de Notícias.

Uma vez que a margem financeira — que neste momento representa três vezes mais dinheiro do que as comissões — caiu 23% entre os anos de 2007 e 2018 e que o total das receitas dos bancos caiu de 13,8 mil milhões para 9,3 mil milhões de euros no mesmo período, a Associação Portuguesa de Bancos considera ser “inevitável que os bancos tenham de recorrer a fontes complementares de receita, como as comissões”.

Esta análise do Jornal de Notícias é publicada pouco depois da apresentação de uma proposta de avaliação das comissões cobradas pelos bancos aos seus clientes.

Termos relacionados Sociedade
(...)