Está aqui

Bolsas: AR aprova resolução contra exclusão de estrangeiros

A AR aprovou o projecto de resolução apresentado pelo Bloco para que a FCT privilegie “critérios científicos e a não exclusão de investigadores estrangeiros” na atribuição de bolsas de doutoramento.
O PS votou contra o projecto de resolução do Bloco e a favor da discriminação dos estrangeiros pela FCT

O projecto de resolução do Bloco de Esquerda foi aprovado pelo voto favorável de PSD, CDS-PP, PCP, Verdes e, naturalmente, Bloco de Esquerda e o voto contra do PS. O Partido Socialista e o Governo apoiaram assim a exclusão praticada pela Fundação de Ciência e Tecnologia, mas ficaram completamente isolados. Os deputados independentes eleitos pelo PS Miguel Vale de Almeida e João Galamba anunciaram a apresentação de uma declaração de voto.

José Soeiro tinha declarado no debate do projecto, no passado dia 15 de Junho: “Com a alteração do regulamento foram introduzidos critérios que implicam a exclusão de investigadores estrangeiros. São algumas centenas de pessoas que beneficiaram das bolsas em anos anteriores e contribuíram para o desenvolvimento científico em Portugal”.

No blogue Mobilização contra a discriminação de estudantes estrangeiros em Portugal diz que a aprovação do projecto foi “um passo importante para os estudantes estrangeiros” e que aguardam “o resultado prático da questão” e anunciam “Nossas acções irão continuar...”.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
(...)