Está aqui

Bloco preocupado com "desmantelamento do heliporto" de Santa Comba Dão

Helicóptero de combate a incêndios foi transferido de Santa Comba Dão para Vale de Cambra “numa situação excecional de reposicionamento de meios até chegarem outros” Bloco exige “rápida clarificação" e denuncia “desmantelamento do heliporto”.
Helicóptero de combate a incêndios em Espanha. Foto de Andres Pantoja.
Helicóptero de combate a incêndios em Espanha. Foto de Andres Pantoja.

Num comunicado, a Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda relembra que “em outubro de 2019, o helicóptero do INEM que estava localizado no heliporto dos Bombeiros Voluntários de Santa Comba Dão foi transferido para Viseu” e que “segundo a ANAC, esta decisão deve-se ao facto do heliporto não ter sofrido as previstas e necessárias alterações.” 

Na altura, o Bloco tinha considerado que “as dificuldades que o heliporto de Santa Comba Dão apresentava e apresenta são passíveis de serem resolvidas e, por isso, não se justificava a deslocação de tal serviço essencial devido à descoordenação e ineficácia entre as entidades de decisão e o município, já que o Presidente da Câmara Municipal já tinha sido várias vezes alertado.” Para além do helicóptero do INEM ter ido para Viseu, também foi deslocalizada a VMER e representavam um ativo importante para o concelho e para a região que “é servida pela perigosa e mortal IP3.”

Segundo a autarquia, esta deslocalização é “uma situação excecional de reposicionamento de meios até chegarem outros, tal como acontece todos os anos” devido a falta de meios aéreos de combate aos incêndios neste início da época crítica. Neste momento, faltam 7 dos 37 meios aéreos anunciados, por isso o helicóptero ligeiro localizado em Santa Comba Dão foi transferido para Vale de Cambra. 

Face a este anúncio, a Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda mostra preocupação por esta deslocalização que “por enquanto se contempla provisória, criando insegurança à população do concelho de Santa Comba Dão e da região.” Acrescenta que “o concelho de Santa Comba Dão assiste, recorrentemente, a serviços a encerrarem ou em vias de encerramento, tal como o Centro Escolar do Norte ou a Extensão de Saúde de São João de Areias”. Alerta ainda que “perder definitivamente mais uma valência como este helicóptero ligeiro de combate aos incêndios será mais uma medida de promoção do desmantelamento da segurança da região com elevado risco de incêndios florestais.”

Finalmente, os bloquistas exigem “uma rápida clarificação, com as datas previstas, do reposicionamento do helicóptero no heliporto dos Bombeiros Voluntários de Santa Comba Dão.”

Notícia publicada no Interior do Avesso.

Termos relacionados Política
(...)