Está aqui

Bloco no protesto de professores do ensino artístico

Luís Monteiro e Alexandra Vieira estiveram no protesto na Escola Artística Soares dos Reis, no Porto, e Fabíola Cardoso na António Arroio, em Lisboa, em solidariedade com a luta dos professores de Técnicas Especiais do Ensino Artístico em luta por um concurso extraordinário de vinculação.
Luís Monteiro e Alexandra Vieira solidarizam-se com professores precários do ensino artístico / Fotografia Pedro Faria

As escolas artísticas Soares dos Reis, no Porto, e António Arroio, em Lisboa, foram esta terça-feira palco de um protesto promovido pela FENPROF, designado “Mesmo com máscara, temos rosto e direitos!”. 

Esta iniciativa teve como objetivo dar visibilidade à luta destes decentes que há anos lutam pela regularização da situação contratual precária em que se encontram. Assim, os docentes pretendem que seja realizado um concurso extraordinário de vinculação nas áreas das Artes Visuais e dos Audiovisuais para as escolas artísticas Soares dos Reis e António Arroio. Pretendem também a aprovação de uma norma específica que fixe as condições necessárias para que os docentes contratados para Técnicas Especiais possam vincular de forma dinâmica, de acordo com as necessidades permanentes do sistema. 

O Bloco de Esquerda tem acompanhado a luta destes professores e esteve presente neste protesto, fazendo-se representar pelo deputado Luís Monteiro e pela Deputada Alexandra Vieira, no Porto, e Fabíola Cardoso, em Lisboa. 

Concentração de professores do Ensino Artístico Especializado. Escola Artística António #Arroio. Pela vinculação o Bloco...

Publicado por Fabíola Cardoso em Terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Luís Monteiro afirma que “estes professores têm vindo a ser maltratados pelo Ministério da Educação ao longo destes anos, com contratos precários, sem acesso a uma carreira ou a um grupo de recrutamento”, acrescentando que são estes docentes que “garantem o funcionamento da disciplina de projeto e tecnologias nas várias vertentes que ela tem, uma disciplina fundamental nestes cursos de ensino artístico especializado.

A deputada Alexandra Vieira recorda que o Bloco apresentou um projeto de resolução para dar resposta a esta situação, “recomendando a abertura de um concurso para estes professores que há muito que reúnem as condições para ingresso na carreira.”

Termos relacionados Sociedade
(...)