Está aqui

Redes sociais apertam regras contra discurso de ódio e Trump

O Twitch suspendeu a conta de Donald Trump por este ter publicado conteúdo que violou a política de “conteúdos de ódio” desta rede social. Também o Reddit fechou um fórum de apoio a Trump e o Youtube baniu vários dos canais mais seguidos pela extrema-direita norte-americana.
Donald Trump fala aos seus apoiantes num comício em Prescott Valley, Arizona. Foto de Gage Skidmore / Flickr

Esta segunda-feira, a rede social Twitch, uma plataforma de streaming em direto detida pela Amazon, decidiu suspender temporariamente o canal do presidente americano, Donald Trump, por esta violar a política de “conteúdos de ódio” da plataforma.  O site The Verge refere que um dos conteúdos publicados era uma transmissão de um comício de Donald Trump no qual este acusava o México de estar a enviar “violadores para os Estados Unidos”.

Um dos porta-vozes da rede social Twitch disse ao The Verge que “como todos, os políticos no Twitch têm de aderir aos nossos Termos de Serviço e às Regras para a Comunidade. Não fazemos exceções para conteúdo político ou noticioso, e vamos tomar ações contra o conteúdo que nos seja reportado e que viole as nossas regras”. 

A campanha de Trump tinha lançado a sua página no Twitch em Outubro passado, e utilizava esta plataforma para transmitir comícios e outros eventos da campanha.

Reddit fecha fórum de apoio a Donald Trump

No mesmo dia, uma outra rede social, o Reddit, fechou o fórum r/The_Donald, um espaço utilizado por apoiantes do presidente dos Estados Unidos, depois de verificar que os utilizadores não cumpriam com as regras da plataforma, que não admite o discurso de ódio e mensagens racistas, homofóbicas, misóginas e teorias da conspiração.

Além deste fórum, a rede social encerrou cerca de dois mil espaços semelhantes, incluindo fóruns da esquerda americana. De acordo com o PÚBLICO, o CEO da Empresa, Steve Huffman, disse que “todas as comunidades no Reddit têm de seguir as nossas políticas de conteúdo de boa-fé. Banimos o r/The_Donald porque não o fez, apesar de todas as oportunidades”.

Esta decisão surge depois de a rede social ter atualizado as suas políticas de conteúdos, mas Huffman diz que o fórum de apoiantes de Trump não cumpria as regras do Reddit há vários anos. A mudança das políticas de conteúdos acontece depois da pressão de manifestantes dentro do movimento Black Lives Matter terem criticado a rede social sobre conteúdos ofensivos e agressivos dos apoiantes de Trump.

Youtube elimina canais ligados a supremacistas brancos

Também o Youtube, plataforma de vídeo detida pelo Google, eliminou recentemente milhares de canais que violavam a sua política de discurso de ódio. Num comunicado citado pela BBC, o Youtube diz que “depois de termos atualizado as nossas diretrizes para abordarem melhor o conteúdo supremacista, vimos aumentar por 5 vezes o número de remoções de vídeos, e foram encerrados mais de 25.000 canais por violarem as nossas políticas de discurso de ódio”.

Algumas das contas encerradas incluem alguns dos mais famosos comentadores da extrema-direita, como é o caso de Stefan Molyneux, um nacionalista branco canadiano, conhecido por promover teorias da conspiração, Richard Spencer, americano a quem é atribuído a origem do termo alt-right, e David Duke, ex-líder do Ku Klux Klan.

Termos relacionados Sociedade
(...)