Está aqui

Portugal congela contas de Isabel dos Santos, Angola arresta imóveis de Kopelipa, Dino e Vicente

As contas da bilionária angolana no BCP foram congeladas por ordem judicial. Em Luanda, a justiça apreendeu imóveis avaliados em 600 milhões de dólares na posse de figuras próximas do ex-presidente.
Isabel dos Santos
Isabel dos Santos. Foto de Nuno Coimbra - Obra do próprio, CC BY-SA 4.0

Segundo o semanário Expresso, o pedido para o congelamento das contas de Isabel dos Santos no Millennium BCP partiu das autoridades angolanas e surge na sequência do arresto dos seus bens em Angola por causa da investigação que suspeita do desvio de mais de mil milhões de dólares dos cofres públicos para o património da filha do antigo presidente.

Também esta terça-feira, a justiça angolana, através do Serviço de Recuperação de Ativos, arrestou vários prédios detidos pela China Internacional Fund, uma sociedade que inclui três figuras do círculo próximo de Eduardo dos Santos: os generais Manuel Hélder Vieira Dias “Kopelipa” e Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino” e o ex-vice-presidente Manuel Vicente.

A sociedade inclui também o franco-argelino Pierre Falcone, que intermediou a compra de armas para a guerra civil em angola em troca de contratos futuros de exploração de petróleo, e é presidida por Sam Pa, outro aliado de Eduardo dos Santos que foi recompensado com o monopólio dos projetos de reconstrução após o termo do conflito armado.

Segundo o portal Maka Angola, os imóveis arrestados situam-se a sul da Centralidade do Kilamba, um projeto imobiliário que previa a construção de dez mil fogos habitacionais. Outro arresto envolveu vários edifícios na urbanização do “Zango 0”, no município de Viana.

Termos relacionados Luanda Leaks, Sociedade
(...)