Está aqui

Bloquistas da Azambuja reafirmam posição do partido sobre atividades tauromáquicas

A imagem da sede do Bloco na Azambuja com as portas abertas durante a Feira de Maio deu o mote a uma campanha do lóbi da tauromaquia nas redes sociais contra o partido.

Uma fotografia da sede do Bloco de Esquerda na Azambuja durante a edição deste ano da Feira de Maio foi partilhada nas redes sociais e usada pelo lóbi tauromáquico para acusar o partido de “se promover” através de largadas de touros.

 

 

Leia aqui o comunicado do Bloco/Azambuja:

Nos últimos dias foi divulgada, através das redes sociais, uma imagem descontextualizada da sede do Bloco de Esquerda no concelho de Azambuja, com as portas abertas durante as festividades da Feira de Maio.

Em diversas publicações foi, inclusive, alegado que o Bloco de Esquerda terá vendido consumíveis alimentares e bebidas e organizado “tertúlias tauromárquicas” na sua sede. Estas afirmações são falsas e partem de uma campanha de desinformação sobre a atividade e posição políticas do Bloco de Esquerda na Azambuja.

As Feiras de Maio juntam milhares de pessoas e constituem um momento central na vida do concelho. Nesse âmbito, o Bloco de Esquerda manteve as portas da sua sede abertas convidando quem por lá passasse a conhecer as propostas do partido ou a expor as questões que entendesse pertinentes.

A posição do Bloco de Esquerda sobre tauromaquia é pública e assumida pela estrutura local da Azambuja: defendemos o fim dos apoios públicos às atividades tauromáquicas por provocarem sofrimento nos animais envolvidos.

Termos relacionados Política
(...)